Síndrome Dolorosa Miofascial ou Dor Muscular


É uma alteração muscular com dor muscular, bandas tensas musculares e pontos gatilhos (PGs).
Ponto gatilho é o local do músculo que desencadeia a dor e quando pressionado gera a dor referida pelo paciente.
Dor miofascial na região lombar
Não se sabe ao certo a causa da SDM, mas sabe-se que a falta de oxigênio, de irrigação sanguínea e o cansaço muscular estão envolvidos. Estas alterações musculares ocorrem devido a uma postura imóvel prolongada, movimentos repetitivos, posturas viciosas e estresse emocional.
A banda muscular tensa é o encurtamento das fibras deste músculo. Parecem “nós” embaixo da pele. Esta tensão muscular aumenta o cansaço do músculo e faz parecer que está fraco.
O ponto gatilho de um músculo pode induzir um ponto gatilho em músculos ao seu redor e também à distância, causando uma dor referida. Por exemplo- O músculo Piriforme, que fica abaixo dos glúteos pode causar uma dor somente no local e também pode irradiar a dor pela perna, a chamada Síndrome do Piriforme.
Síndrome do Piriforme

A SDM pode ser responsável por diversos tipos de dor crônica: lombalgia (dor na região lombar), cervicalgia (dor na região cervical), LER (lesões por esforços repetitivos), dores pélvicas, entre outras. Podemos dizer que a SDM pode estar associada a outras doenças como a artrose, fibromialgia, distrofia simpático reflexa, compressão nervosa por hérnia discal, neuropatias, e doenças em órgãos viscerais.
O diagnóstico é feito através da avaliação clínica de um médico especializado, geralmente um médico fisiatra, que tem um bom conhecimento de anatomia muscular e seus pontos gatilhos. Não há nenhum exame laboratorial ou de imagem que evidenciam a SDM.
Músculos
O tratamento da SDM deve ser feito com a avaliação e correção das causas das alterações nervosas, eliminar os fatores que contribuem para a perpetuação da dor, uso de medicações e tratamento de reabilitação.
O tratamento de reabilitação é baseado no equilíbrio muscular, com fisioterapia (com uso de aparelhos que aliviam a dor, alongamentos, fortalecimentos, massagem e correção postural), psicoterapia e até terapia ocupacional em alguns casos. Esta abordagem da reabilitação deve ser liderada pelo médico fisiatra que tem uma visão global e direciona para uma melhora funcional mais eficaz. Em alguns casos, o fisiatra opta pela infiltração do ponto gatilho com lidocaína (anestésico local), para obter analgesia, agilizar e facilitar a reabilitação.

Infiltração de paravertebrais na cervicalgia

About these ads

40 Respostas para “Síndrome Dolorosa Miofascial ou Dor Muscular

  1. Gostaria de fazer uma ressalva que a Síndrome Miofascial pode ser detectada objetivamente com a Termografia por infravermelho que detecta alterações de temperatura nos pontos miofasciais devido modificação na microcirculação da musculatura lesionada.

    • Muito bem lembrado, Robson!
      A Termografia já foi citada em perguntas de pacientes e em breve colocarei um post sobre sua importância no diagnóstico e tratamento da dor crônica.
      Obrigada pela participação!

  2. MARLUCIA CAVALANTE BEZERRA

    Tenho dores fortes no quadril do lado esquerdo que se estende até a batata da perna e sobe até a cintura isso ve há mais de um ano.Fiz artrosopia, fui a 10 médicos,foi feito apliações de corticoides, aumentei mt de peso.Tenho 1,50 peso 69 kg e tenho 57 anos. Ano passado um medico diagnosticou como sendo Síndrome do Piriforme fui tratada e melhorei mt por alguns meses e agora as dores voltaram intensas irradiando para pernas, cintura e até o final da coluna.Não sei mas o que faço pois até deitada doi.Será que podem me ajudar?

    • Olá, Marlucia!
      A Síndrome do Piriforme é uma Síndrome dolorosa miofascial neste músculo(veja o post “Síndrome Dolorosa Miofascial”) e sua dor pode ser irradiada pelos locais que você descreveu. No entanto, o tratamento é complexo: com medicina física, reabilitação e tratamento de reabilitação para não haver recorrências.
      Sugiro que você faça avaliação com um médico fisiatra para ter certeza do diagnóstico, tratar os sintomas e suas causas. Após a melhora, ele indicará uma atividade física dentro de suas condições físicas e é claro, algo que você sinta prazer em fazer, para uma prevenção da recorrências das dores.
      Boa Sorte!

  3. sou fisioterapeuta,tenho uma paciente com suposta SDM,recentemente apresentando dor local em região posterior de crista iliaca,devo usar ultra som continuo ou pulsado? TENS? como faço pra inativar o ponto doloroso? grato!

    • Olá, Igor!
      O meio físico mais adequado para tratar a Síndrome Dolorosa Miofascial depende muito da experiência do terapeuta que vai aplicar.Sugiro que você a utilize o que tenha mais familiaridade.
      Para inativar o ponto miofascial ativo é necessária a identificação do principal músculo envolvido, pois se você inativar um ponto gatilho satélite, a analgesia será temporária e seu trabalho jogado fora. No caso seria glúteo médio? Piriforme? Quadrado lombar?Outro músculo?
      Depois de indentificá-lo você deve proporcionar uma analgesia no local para conseguir manipular e aí utilizar a miofascioterapia para inativá-lo, não esquecendo que após a manipulação é necessário relaxamento do músculo envolvido. Nas sessões que você perceber que o músculo está mais “solto” poderá iniciar com alongamentos e cinesioterapia. Sugiro que você mantenha contato com o médico envolvido para ele auxiliá-lo a dar analgesia suficiente ao paciente para você manipular.
      Espero ter te ajudado e se tiver mais dúvidas, é só perguntar!

  4. Tenho dor na lateral da perna direita, com a presença de vários nódulos ao longo da perna. Eles vão da pelve até o joelho. Tenho também vários nódulos ao longo do corpo, nas nádegas, panturrilhas, antebraços, bíceps, região cervical. Os nódulos só doem com o toque. Quando a massagista os pressiona chego a chorar de dor. Mas a perna está doendo muito. Estou tendo dificuldades para caminhar e só tenho alívio com o uso de medicamentos. Fui a um neurologista que descobriu uma hérnbia de disco na região lombar, mas falou que a dor não está relacionada com a hérnia. Marquei uma ressonância magnética. Ele está desconfiado de fibromialgia, mas lendo sobre a dor miofascial, fiquei em dúvida quanto ao diagnóstico. Jogo vôlei e estou desesperada.

    • Olá, Maria Claudia!
      A Fibromialgia por ser dor que pode acontecer em todos os músculos pode ser confundida com várias Síndromes Dolorosas Miofasciais.
      Pelos sintomas que você está apresentando, acredito que você tem grandes chances de estar com Fibromialgia, mas é necessário fazer uma avaliação clínica apurada e exames complementares que descartem outras causas de dor generalizada antes de fechar o diagnóstico.
      Não fique desesperada pois isto intensificará ainda mais seus sintomas, o que você precisa pensar é que está no caminho de um diagnóstico e a partir disso vai iniciar o tratamento que a ajudará a melhorar os sintomas.
      Espero ter ajudado.

  5. ola tudo bem obrigado por esta oportunidade. gostaria muito de uma ajuda pois to ficando desesperado.
    Nos ultimos dias notei que tenho alguns nodulos proximo do torax, barriga, coxa e que doem muito quando fico nervoso.
    To sentindo meu corpo estranho pois acho que tenho indisposicao toda hora…e que estou muito impaciente.quando passo a mao no meu esomago chego a sentir os noduolos…. queria saber,valeu mil beijos

    • Olá, Adão!
      Estes nódulos podem ser muita coisa. Na maioria das vezes quando doem com a palpação, são de origem inflamatória.
      Para sabermos o que está acontecendo com você, é necessário você se consultar com um clínico geral e fazer alguns exames. Com isto, o clínico vai iniciar seu tratamento ou te encaminhar para o especialista mais apropriado para isto.
      Quanto antes procurar ajuda, mais rápido será o alívio de seus sintomas.
      Boa Sorte!!

  6. Boa noite, tenho fortes dores no ombro. Essa dor persiste há 4 anos. Já fiz vários tratamentos, mas nenhum obtive sucesso.Os vários exames que fiz não acusaram nada.Passei por vários médicose um em constatou que se taratava de uma síndrome miofascial.Eu,também, tenho Uma pequena protusão na C5. Atualmente eu estou fazendo um tratamento em uma clínica especializada nesse tipo de dor. Meu fisioterapeuta está tentando desativar os pontos gatilhos para que eu começe um tabalho de fortalecimento.Obs: a maior queixa é a compresão que eu sinto ao tocar na referida dor. O tratamento com a acunputura aliviou a dor, mas não curou. Alguma sugestão ou tratamento para essa dor crônica que persiste há tanto tempo?
    Obrigado, Rafael.

    • Olá, Rafael!
      Se realmente a sua dor for Síndrome Dolorosa Miofascial o tratamento que deve ser instituído é a inativação destes pontos gatilhos que pode ser feita de diversas maneiras. Antes de fazer esta inativação, é essencial identificar quem é o vilão da história, ou seja, o músculo que iniciou todo o processo e ativou os outros seja por contiguidade ou por estarem no mesmo dermátomo. Digo que é essencial pois se isto não for feito, você fará muita reabilitação sem acabar completamente com sua dor pois o “causador de tudo” ainda não foi tratado. Depois de identificado corretamente, a inativação poderá ser feita com infiltração com lidocaína a 1%, ou acupuntura, ou miofascioterapia, etc….Lembrando que a inativação deve ser acompanhada de cinesioterapia específica para aquele músculo.Após a reabilitação deste músculo com a melhora dos sintomas, o condicionamento muscular deve ser instituído juntamente com a mudança de hábitos para evitar os fatores desencadeantes (como dormir com o braço embaixo do travesseiro, carregar peso acima da linha do ombro, posturas viciosas, etc…)
      Espero ter ajudado!

  7. Há 7 anos estou tendo problemas na coluna e há 2 anos fiz uma artrodese em L5-S1, pois o médico q me operou achou q era necessário. Após a cirurgia comecei a sentir dores na região lombar, bem no local da cirirgia, que o médico disse serem psiocológicas e não quis mais cuidar do meu caso. Assim, recorri a outros médicos, hoje estou indo em um neurocirurgião que me diagnosticou com SDM e me passou que o tratamento são exercícios físicos juntamente com antidepressivos e relaxantes musculares para alívio da dor e assim eu consiga fazer os exercícios, que seriam yoga e natação. Tenho 26 anos e não consigo mais nem trabalhar de tanta dor, até deitada sinto fortes dores. Já faz 1 mês que estou afastada do trabalho e ainda não passei na perícia, mas acho q o INSS não vai me autorizar a ficar muito mais tempo afastada…Como que eu faço neste caso, pois o médico disse que me afasta sem problemas, mas que o INSS não vai autorizar…e concordo com ele….Mas não consigo trabalhar e pelo que sei o tratamento é demorado até obter alguma melhora….Alguem que tenha este problema ou algum profissional da área poderia me darum auxilio sobre isso, pois não sei mais a quem recorrer…..Meus familiares e meus chefes acham que eu deveria me aposentar por invalidez, mas só tenho 26 anos, acho q é muito cedo prapensar isso….
    Obrigada pela ajuda! Marjorie

    • Olá, Marjorie!
      Não podemos esquecer que se você tem Síndrome Dolorosa Miofascial há mais de 3 meses(ou seja crônica) e o seu tratamento não é eficaz somente com medicação, o tratamento de reabilitação é essencial e deve ser multiprofissional. A reabilitação deve englobar algumas terapias como fisioterapia e psicoterapia no mínimo.
      A maior parte dos pacientes com Síndrome Dolorosa Miofascial não apresentam incapacidades que justifiquem auxílios ou aposentadorias. Se for realizado um tratamento adequado como falei anteriormente, há grandes chances de melhora da dor e da capacidade funcional.
      Aconselho que você procure um médico Fisiatra para saber se o que você tem é realmente a síndrome Dolorosa Miofascial e orientar o melhor tratamento para alivío dos sintomas.
      Boa Sorte!

  8. Olá Dra Thais
    Tenho 43 anos,sou farmacêutica e bioquímica. Aos 23 comecei com um quadro de SDM,com muita tensão no trapézio e pescoço, que só faz piorar. Fiquei viciada em remédios como lexotan, que geralmente associo a um relaxante muscular de ação central.Não gosto de tomar remédio, mas quando não tomo, meu dia é um verdadeiro inferno de enxaqueca, sinto uma bola na garganta,doi para falar e engolir, alem da dor no pescoço e rigidez no trapézio. Tenho certeza que se trata de SDM, porque sinto os pontos gatilho quando pressiono as regiões,meu caso é clínico, o que fazer ?? por favor, me ajude.
    Obrigada pela atenção !!
    Rose

    • Olá, Rose!
      Primeiramente você precisa descobrir o seu diagnóstico. Para isto procure um médico Fisiatra que além de elucidar seu diagnóstico, irá orientar seu tratamento medicamentoso e de REABILITAÇÃO.
      O trapézio, escalenos e supra espinhosos são os músculos que mais apresentam dor porque sofrem alterações posturais e são muito sobrecarregados quando tensionamos a musculatura por problemas emocionais. Por este motivo, o tratamento medicamentoso deve ser associado com fisioterapia e psicoterapia para melhores resultados.
      Se você não conseguir achar um fisiatra, procure um especilista em dor que possa te orientar na reabilitação.
      Boa Sorte!

  9. Oie boa tarde !
    tenho fortes dores nas pernas isto ja faz um mes .
    estou tomando medicamentos e a dor nao passa oque devo fazer

    obrigado.

    • Olá, Mônica!
      Sugiro que procure um médico Fisiatra para uma avaliação, determinar a causa destas dores e assim, indicar o tratamento mais adequado para resolver.
      Boa Sorte!

  10. tenho uma dor cronica nas costas e precisava urgentemente marcar uma consulta com vc…
    liguei para o número indicado e eles me falaram que vc só atende as sextas-feiras, e que só existe horário para outubro…existe algum outro lugar onde vc atende?

    • Olá, Walter!
      Infelizmente, estou no final da minha gestação e meu obstetra exigiu repouso absoluto.
      Por este motivo, minha agenda está fechada em todos os locais que trabalho pelo menos até outubro.
      No HCOR, você poderá marcar consulta com o Dr Patrick Stump que estará atendendo meus pacientes em meu lugar neste período.
      Desculpe o incômodo.

      • existe algum fisiatra em ribeirao preto que possa me atender?mesmo que fosse particular?me parece que o dr. marcelo riberto está em ribeirao preto?como eu poderia entrar em contato com ele?

        • Olá, Walter!
          O Dr Marcelo Riberto é o único Fisiatra que conheço em Ribeirão Preto, que eu saiba ele só atende na Rede Lucy Montoro no momento, pois acabou de se instalar na cidade.
          Procure ele lá, fale que chegou até lá através de meu site. Se tiver dificuldades, me avise!

  11. uama amiga minha esta tentando localizá-lo por lá(eu sou de sao carlos)mas nao está conseguindo…tentei mandar um e-mail pra ele mas nao sei se o e-mail que eu achei é antigo ou nao…estava tentando com ele por ser mais perto pra mim…de qq maneira deixei uma consulta marcada com vc para outubro mesmo…só vai ser duroconviver com essa dor até lá…

  12. Nilton Aparecido da Silva

    Tudo bem sofro de Sindrome dolorosa Miofascial a um ano e meio, gostaria de saber se tem cura, e se posso trabalhar no pesado ou se agrava mais o meu caso,é que quando cato peso sinto muita dor no pescoço,outra coisa meu médico me falou se não cuida desta doença ela se alastra pelo corpo é verdade,e ele me disse que eu nunca vou encostar pelo INSS,por isso esta doença tem que ser cuidada o mais rapido possivel?

    • Olá, Nilton!
      Se você fizer a reabilitação muscular adequadamente, manter uma atividade física adequada ao seu físico e cuidar de sua postura, poderá exercer suas tarefas sem problemas.
      Procure um médico fisiatra para receber a devida orientação.
      boa sorte!

  13. Olá Thais!

    Fui diagnosticada com SDM há mais de 6 meses. Comecei um tratamento com uma reumatologista à base de medicamentos, e além disso a médica me recomendou um tratamento de hidroterapia, fisioterapia, bem como acompanhamento psicológico e massagens frequentes. Além do tratamento com medicamentos, a única coisa que fiz até agora foi a fisioterapia. Passei um período de aproximadamente 2 meses muito bem, mas as dores estão voltando com a mesma intensidade inicial, bem como a rigidez muscular. Isso coincide com um período de problemas financeiros e pessoais que estou passando no momento, e observo que acordo com dores mais fortes (a hora q acordo é a pior, quando sinto as dores mais fortes) quando não uso a contenção para dormir, pois também tenho bruxismo.

    Gostaria de saber qual a importância desses tratamentos além da medicação, e se um psiquiatra (pois meu plano não cobre psicólogo) poderia me ajudar… marquei uma sessão para a próxima semana. Além disso, se o bruxismo pode piorar a SDM.

    Desde já, agradeço a atenção.

    • Olá, Kátia!
      Sim, estes tratamentos são importantes para a melhora das dores, mas eu diria que é fundamental você evitar a causa da dor. Você já definiu se é causada por sobrecarga, movimentos repetitivos, má postura ou estresse?Se seus problemas estão intensificando seus sintomas, o psiquiatra vai ajudar, mas é importante você evitar os fatores desencadeantes.
      Se você não conseguiu definir, não sabe como fazer para evitá-los e como reabilitar seus músculos, sugiro que procure um médico fisiatra que é o mais indicado para o tratamento da SDM.
      Boa sorte!

  14. Tenho dores crônicas no trapezio, que se irradia para os ombros e braços há anos e há mais ou menos 2 meses começou a doer o pescoço com limitações de movimento. Já fiz diversos tratamentos com ortopedista e neurologista e tive alguma melhora, mas com o tempo voltam as dores e ficam piores. Gostaria de saber o endereço e telefone para marcar uma consulta com Fisiatra, pois acho que tenho SDM. Aguardo resposta. Obrigada. Ellen.

    • Olá, Ellen!
      Existem diversos fisiatras em todo o Brasil.
      Como você não especificou o local sugiro que entre no site:www.fisiatria.org.br e procure um fisiatra na sua região.
      Boa sorte!

  15. Olá doutora, tenho diagnostico de dor miofascial já em tratamento.
    Qual sua experiência com uso de canabis para ajudar na analgesia?
    Atualmente estou em uso de anafranil, e faço fisioterapia e reeducação postural.
    Grato
    Robson

    • Olá, Robson!
      No momento não existe nenhum trabalho que mostre eficácia no uso da canabis para analgesia.
      Pela sua descrição já está fazendo tratamento de reabilitação para dor miofascial, gostaria de lembrar que o sucesso do tratamento depende muito da retirada das causas de dor (má postura, movimentos repetitivos,sobrecarga muscular) e do condicionamento muscular que é conseguido através de exercícios aeróbicos.
      sugiro que procure um médico fisiatra para verificar se seu tratamento de reabilitação está sendo realizado corretamente e qual o exercício mais indicado no seu caso.
      Boa sorte!

  16. Dra Thais Saron ,tenho dores nas costas desde 1997 .Já fiz tudo o que a Sra possa imaginar . Atualmente tomo Gabapentina , Miosan , Rivotril e etc ,etc…. e continuo tendo dores . Gostaria de fazer uma consulta , para poder entender o que é realmente eficente para o meu caso. Onde posso encontra-la ? Sou de Americana , SP .
    Obrigada.

  17. Poderia me indicar um profissional em porto alegere para tratar Sindrome miofascial?

    Agradeço

  18. quais os tipos de massagens indicadas neste caso ?

    • Olá, Gilmara!
      Não existem trabalhos científicos bem desenhados que mostrem eficácia de qualquer tipo de massagem para a dor miofascial crônica. No entanto na prática, sabemos que as massagens relaxantes e o Shiatsu, quando realizados por profissionais competentes podem ajudar a aliviar os sintomas!
      Espero ter ajudado!

  19. Dra. desde 2007 foi diagnósticado 2 hernias de disco na minha coluna lombar, L4-L5 e L5-S1. Fiz fisioterapia, tomei vários medicamentos e ainda continuo com dores fortes. No momento estou afastada do trabalho! Fiz uma ultima RM que trouxe o seguinte laudo:
    1.ESPONDIOLOSCOPATIA DEGENERATIVA LOMBO-SACRA (o que isso significa?)
    2. PROTUSÃO DISCAL PÓSTERO-CENTRAL NO NÍVEL DE L4-L5, COMPRIMINDO A FACE VENTRAL DO SACO DURAL, SEM EFEITO COMPRESSIVO SOBRE AS ESTRUTURAS NEUROS ADJACENTES;
    (essa segunda conclusão indica hernia de disco? é grande?)

    3.PROTUSÃO DISCAL PÓSTERO-CENTRAL/LATERAL DIREITA NO NÍVEL DE L5-S1, OBLATERANDO O RECESSO LATERAL DIREITO E COMPRIMINDO A PORÇÃO DESCENDENTE DA RAIZ NERVOSA DE S1 ADJACENTE.
    (aqui é uma hernia com indicação cirurgica?)

    Diante da conclusão da RM preciso saber tua opinião.
    *São hernias discais?
    *Ja tomei opióides fortes e relaxantes musculares e a dor continua intensa irradiando para a perna direita e depois adormece toda a perna. Posso perder movimentos dessa perna?
    *A cirurgia aqui é indicada?
    Agradeço tua atenção!!!

    • Olá, Nilde!
      Como o próprio laudo diz não são hérnias discais, são protusões. Leia neste blog os posts que explicam a diferença entre elas.
      Para saber qual o melhor tratamento no seu caso, é necessário fazer uma avaliação clínica com um exame físico neurológico detalhado para saber se há comprometimento neurológico.
      Sugiro que procure um médico Fisiatra para auxiliar em seu diagnóstico e prescrever o melhor tratamento medicamentoso e de reabilitação para o seu caso.
      Boa sorte!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s