ATIVIDADE FÍSICA GRATUITA

ATIVIDADE FÍSICA GRATUITA

Lista de locais com diversas atividades físicas gratuitas em São Paulo, divididas por bairros. Se você conhece algum local que faz este atendimento, coloque em forma de comentário pois poderá beneficiar outras pessoas.
Vale a pena lembrar que é necessário fazer uma avaliação médica antes de iniciar um atividade física para evitar complicações.
A maioria das atividades descritas tem um telefone de contato e uma fila de espera; para as que não possuem telefone, basta ir ao local.

LISTA DE ATIVIDADE FÍSICA GRATUITA
Parques de São Paulo promovem aulas de Dança Circulares, para ter mais informações acesse:

http://www.semeiadanca.com.br/nao_perca.htm

ABC

Clube Escola Vila Guarani
R-Lussanvira,178
Telefone-5014-0049 / 5012-0150

ACLIMAÇÃO

Parque da Aclimação
R-Muniz de Souza, 1119
Telefone- 3271-0932

CAMBUCI

Clube Escola Cambuci
Av-Lins de Vasconcelos, 804
Telefone- 3209-0995

CENTRO

CCSP
R-Vergueiro, 1000
Telefone- 3397-4000

FREGUESIA DO Ó

Clube Escola Freguesia do Ó
R-Jacutiba, 167
Telefone- 3975-7569

GUARULHOS

Universidade de Guarulhos
Centro
Telefone- 2464-1778

HIGIENÓPOLIS

Praça Esther Mesquita
R-Rio de Janeiro
Telefone-3821-5263

IBIRAPUERA

Parque do Ibirapuera
Av-Quarto Centenário, 900
Telefone- 3589-7227

ITAIM

Parque do Povo
Av-Henrique Chama S/N

ITAQUAQUECETUBA

Parque Itaqua
R-Grapirá, 537
Telefone- 2584-3865/ 2581-2410

LAPA

Clube Escola Lapa
R-Belmont, 957
Telefone- 3834-0032

MOEMA

Parque das Bicicletas
Av-Iraé, 35
Telefone- 3396-6473

MÓOCA

Clube Escola Móoca
R-Taquari,635
Telefone- 2694-7668

Universidade São Judas Tadeu
R-Taquari, 546
Telefone- 6099-1677/6099-1659

PERDIZES

Parque Zilda Natel
Av-Dr Arnaldo esquina com Av-Cardoso de Almeida
Telefone- 3396-7500

Parque da Água Branca
Av Francisco Matarazzo, 455
Telefone- 3865-4131/ 3865-4130

PINHEIROS

Praça Victor Civita
R-Sumidoro, 580
Telefone-8425-2057 com D.Cida Caprino

PIRITUBA

Clube Escola Pirituba
Av- Agenor Couto de Magalhães, 32
Telefone- 3904-1154/ 3903-8178

SANTANA

Clube Escola Jardim São Paulo
R-Viri, 425
Telefone- 2978-0254

SANTO AMARO

Clube Escola Santo Amaro
Av Padre José Maria, 555
Telefone-5687 6340

TATUAPÉ

UNICID
R-Cesário Galeno, 448,475
Telefone- 2178-1283

31 Respostas para “ATIVIDADE FÍSICA GRATUITA

  1. Gostei muito de seu site.
    Li muitos artigos,perguntas e respostas.
    Tenho fibromialgia a 6 anos.Tomo amitriptilina,venlift,dorflex,diazepan,zolpiden…….
    Faço terapia com psicológo,acompanhamento com psiquiatra e neurologista.O meu maior prolblema é achar aqui no Rio de Janeiro uma clinica voltada para um tratamento de exercícios para minha doença.
    Perdi o meu benefício do INSS, pois me deram alta, e voltando pra minha empresa eles vão me mandar embora pois não tenho capacidade laborativa.
    Gostaria muito que vc me indicasse uma clinica de tratamento com exercícos para minha melhora física.
    Tenho depressão e síndrome do pânico.
    Vou aguardar ansiosa por sua resposta.
    Obrigada e muito sucesso pra vc.

    Um abraço,

    Iara Ponce

    • Olá, Iara!
      Infelizmente não sou do RJ e tampouco conheço os serviços públicos daí, mas acredito que o RJ por ser uma cidade grande, tenha um serviço público que ofereça exercícios físicos para a população como hidroginástica, Tai Chi, etc…
      Se você ainda não fez tratamento de Reabilitação, conheço uma Fisiatra que trabalha em hospital público aí no RJ que trata Fibromialgia.O nome dela é Ana Lúcia Mourão.
      Na minha lista de links tem o site da Associação Brasileira de Medicina Física e Reabilitação e lá você encontrará o contato desta médica que poderá te orientar onde conseguir fazer atividade física gratuitamente no RJ também.
      Espero que dê tudo certo!

    • olá, Iara, tudo bem?? Tem uma forma relativamente simples de ao menos amenizar vários males: CAMINHADA. Pode ser nas ruas de onde vc mora ou se preferir, pode ser numa esteira. Só é necessáio manter o propósito firme de se exercitar. Também sofro de síndrome do pânico e depressão. Grande abraço e muito sucesso,
      Rose.

  2. cristiane fernanda may pitelli

    Olá, Thais ! Sou sua colega (Geriatra) e admiradora do seu site…Vc não tem consultório em São Paulo?!

    • Olá Cristiane!
      Obrigada pelos elogios e a participação de médicos é sempre bem vinda!
      Desculpe a demora, mas estava esperando concluir a mudança para mandar o endereço do consultório novo:
      R-Abílio Soares, 250
      1 andar
      Telefone- 3889 3939

  3. Maria Eugenia Obniski

    Prezada Dra. Thaís: Atualmente incluí em minha reabilitação a Dança Circular e estou gostando muito ! Sou paciente de Fibromialgia e gostaria de contribuir com as informações das danças que acontecem nos parques da cidade, gratuítas e muito legais:

    http://www.semeiadanca.com.br/nao_perca.htm

    Muito obrigada por teu trabalho, por este blog e pela atenção. Um abraço,
    Maria Eugenia

  4. Olá Dra. Thaís
    Parabéns pela iniciativa de colocar na web uma página útil e importante como esta!
    Soube de sua existência através da Maria Eugenia Obniski.
    Sou focalizadora de Danças Circulares e sofro de muitas dores articulares e musculares, porém quando estou dançando não sinto dores. Mas quando paro… doe tudo!
    Há algo a fazer que possa me ajudar?
    Um abraço,
    Arlenice

    • Olá, Arlenice!
      Para saber qual o motivo das suas dores e determinar qual o tratamento mais adequado para elas, sugiro que você faça uma avaliação com um médico Fisiatra.
      Tenho certeza de que você conseguirá controlar melhor suas dores mesmo quando não está realizando atividade física, só precisa fazer um tratamento de reabilitação adequado e manter a atividade física.
      Boa Sorte!

  5. LUCIA MARIA DA SILVA

    gostaria de saber com faço para aliviar as dores musculares que sinto porque tive avc á 8 anos e ainda estou me recuperando aos poucos mais ainda esta muito deficil.
    grata lúcia

    • Olá, Lúcia!
      Sugiro que procure um médico fisiatra para diagnosticá-la e definir qual o melhor tratamento de reabilitação muscular no seu caso.
      Boa sorte!

  6. maria Lucia Franco Bortoletti

    Em São José do Rio Preto no Salão Paroquial da Redentora, Rua Generosa Bastos 3110 –Fone (17) 3232-8424, á Quartas-feiras das 8:00 ás 9:00 hrs,
    Práticas Corporais Chinesas ( Liangong e Chi-Kung).
    Obrigada e um abraço

  7. Olá dra Thais!
    Fui sua paciente, mas logo que iniciei o tratamento fui demitida e não pude prosseguir pois os convenios não cobrem esse tipo de tratamento.
    De qualquer forma, passei a ter mais qualidade de vida após seguir seu tratamento, e qdo preciso sei que medicação utilizar conforme o tipo de dor : por esforço ou tensional.
    De lá para cá minha vida acabou tomando outro rumo.
    Costumo recomendá-la a todos os doloridos que conheço.
    Gostaria muito de convidá-la a dar uma olhada em meu site :
    http://www.fernandafavier.com.br
    Cansada de ver as lutas de outros pacientes e da minha propria estou trabalhando em varias propostas. Engajei-me na politica e vou tentar uma cadeira na Assembléia para podermos mudar o que precisa ser mudado no tocante a varios assuntos, com foco principalmente na SAUDE DO TRABALHADOR.
    Um grande abraço e obrigada!
    Fernanda Favier
    45369
    Deputada Estadual
    PV-SP
    http://www.fernandafavier.com.br (com link para meu blog)
    fe.favier@gmail.com

  8. maria andrea de l.g.nogueira

    Thais,

    Que trabalho e blog maravilhosos que vc faz! Todo esse bem, desinteressado, volta para vc em dobro, pode ter certeza – só os agradecimentos de quem te lê e busca ajuda voltam para vc em termos de energia boa. Parabéns!

    Sou de SP capital e neste ano descobri um câncer de intestino inicial, operei, tirei o pequeno tumor do colon e graças a Deus estou curada (sem metastase), acabando a químio (profilática). Durante o tratamento e devido aos efeitos colaterias das drogas procurei a acupuntura e descobri uma médica que é associada ao convênio da UNIMED Paulistana que cobre consultas semanais , sem limitação de vezes (não sei se das outras filiais tb é de graça). A acupuntura me ajudou bastante – minimizou depressão, enjôos, rim e fígado atacados, aftose, etc., além de melhorar minha imunidade.
    Soube através dessa médica que a acupuntura ajuda muito no casos de dores – vai nos pontos certos, relaxa, aumenta a resistência (sou testemunha pq sofri um acidente quando moça, machuquei muito a perna esquerda) e fiz acupuntura com muito sucesso tb.
    Passo a seus leitores e a vc o contato dessa médica que atende pela UNIMED de graça e particular tb: Dra. Alessandra, tel. (11) 2532-7750 e 2532-7748, Rua Pirapora, Paraíso, SP/SP.

    Boa sorte e continue com esse trabalho maravilhoso. Quando precisar já tenho seu end. de consultório, pertinho de minha casa.

  9. Olá, dra!!!
    Escutei uma repostagem sobre seu trabalho hoje na CBN, logo pela manhã qdo dirigia para o meu serviço e fiquei memorizando seu nome para não esquecer!! Adorei o blog e sua iniciativa em ajudar!! Desde já meus parabéns por essa iniciativa ímpar!! Tenho 47 anos, sou empresária e moro no bairro Butantã com meu pai de 78 anos. Minha mãe faleceu há 3 anos e a grande falta que ela me faz, só se compara com a falta que meu pai sente dela, uma linda mulher, 10 anos mais jovem que ele. Sempre moramos todos juntos, mas ela que cuidava muito bem dele, desde escolher sua roupa até a comidinha do jeitinho que ele gostava… eu diria que ela, além de cuidar muito bem como já disse, o mimava também. Enfim, nem preciso dizer que ele hoje sente muita falta dela em todos os sentidos possíveis. O que venho notando é que o esquecimento dele veio piorando, tanto, que o levei ao neurologista, Dr Paulo Bertolucci que inicou o tratamento de alzheimer. Segundo o médico, está numa fase inicial. Além desse problema, o que mais se agravou, são as dores constantes que ele sente, uma hora lombar, outra hora cervical, depois muscular, depois o braço que formiga, etc e o mau humor. Ele é acompanhado por um cardiologista, por um ortopedista, enfim, acho que na verdade está faltando essa abordagem que a sra abrange em seu blog. Queria começar a tratá-lo como um todo. Sei que ele é rabujento e mau humorado pq não ocupa seu tempo com atividades físicas, ele é preguiçoso e resistente a isso. Não é sedentário pq mantém uma rotina de trabalho leve, mas falta exercício sistemático, falta acompanhamento psicológico para melhorar o humor e o pessimismo. Queria muito fazer algo profundo por ele, que melhorasse a qualidade de vida dele enquanto ele ainda é saudável relativamente, enquanto ele ainda tem condições de se cuidar, de fazer algo por ele mesmo, já que ainda dirige, ainda trabalha, ainda tem uma vida regular. O que a sra me aconselha?? Um forte abraço e minha admiração. Vera

    • Olá, Vera!
      Imagino como deve ser difícil ter perdido sua mãe e conviver com seu pai com esta tristeza. Você já sabe do que ele precisa, já escreveu isto aqui para mim: atividade física e apoio psicológico. Mas sei também como é difícil convencê-lo a participar destas atividades…isto mostra que está depressivo. Uma forma de tentar ajudá-lo é reaproximá-lo de seus amigos e oferecer atividades de entretenimento. Se ele não tem mais contato com nenhum amigo, ajude-o a fazer amigos. Como? Existem vários programas para idosos da prefeitura, onde se encontram para fazer atividades gratuitamente. Na Lapa (me parece perto para vocês) existe oficinas culturais, desde jardinagem, marchetaria até informática (são mais de 20 opções). Quem sabe ele fazendo um grupo em algo que ele goste fazer, ele não se anima para fazer um condicionamento físico. Lá é tudo gratuito:3873 6760.
      Boa sorte!

  10. Ivete Inocêncio Briotto

    Thaís,

    Muito esclarecedora e útil suas colocações. Encontrei seu site através da Folha de 20/10 em artigo de Gilberto Dimenstein. Como sofro com dores crônicas resolvi consultar e achei ótimo. Parabéns!
    Um abraço,
    Ivete.

  11. Olá Dra.Thais
    Primeiramente, parabéns pelo trabalho maravilhoso. Gostaria imensamente de receber alguma orientação. Ha muito tempo venho sofrendo de dores nos dois braços, e depois de um “belo” tombo piorou muito, inclusive estou impossibilitada de fazer os mais elementares movimentos, tais como trocar de roupa, pentear os cabelos, tenho 84 anos,
    sempre fui uma pessoa saudável, nunca sofri doença alguma… Tenho feito
    fisioterapia, acupuntura e nada consegue sanar essas dores. Fiz um RM do ombro esquerdo, eis o laudo: – Artrose acrômio-clavicular predominando na extremidade clavicular onde há cisto subcondral. – Pequenos cistos subcorticais no tubérculo maior e menor. – Demais estruturas ósseas com morfologia e sinal dentro dos límites normais. – Alteração degenerativa do lobro superior da glenóide. – Tendinopatia difusa do supra-espinhal com lesão transfixante na região de inserção anterior que mede cerca de 1,0 cm, se estendendo para fibras mais profundas adjacentes,onde há retração das mesmas em até 1,5 cm.- Tendinopatia do nfra-espinhal, sem evidente rotura.- Tendinopatia subscapular com lesão- parcial na porção superior.- Luxação medial do tendão da cabeça longa do biceps no terço superior da goteira bicipital associado a tendinopatia associado a tendinopatia no segmento intra-articular.- Ventres musculares e demais tendões normais.- Pequeno derrame articular gleno-umeral e aumento de líquido na bursa subacromial/subdeltoidea.- SÓ ISSO !!!- Sem contar com a dor infernal…Fiz também RX dos ombros: Laudo: Rarefação óssea difusa.- Sinais de artrose acrômio-clavicualr bilateralmente.- Reduçao do espaço acrômio-umeral á direita.- Discreta esclerose do tubérculo maior bilateralmente. – Partes moles sem particularidades. Já consultei enúmeros médicos, ortopedistas… e o remédio é sempre antienflamatórios que não consigo tomar porque me agride o estomágo, então apelo para os comprimidos para aliviar as dores…agora estou tomando ADVIL (cápsulas líquidas…)- Muito agradecida . Aguardo uma orientação .

    • Olá, Maria de Lourdes!
      Como já sabe, você possui lesões significativas em seu ombro e precisa de um tratamento específico com medicamentos adequados e reabilitação para voltar a utilizar o seu ombro o máximo possível.
      Medicamentos como antiinflamatórios não apresentam resultados satisfatórios em dor crônica (mais de 3 meses de dor), nestes casos alguns analgésicos mais fortes e até antidepressivos são mais indicados, quando não tiverem contra indicações. As medicações aliviarão sua dor mas não resolverão seu problema: é necessário fazer um tratamento de reabilitação que aí sim vai equilibrar as estruturas do ombro e dar função aos pouquinhos. Este tratamento não é rápido, não é fácil, mas tem grandes resultados.
      Sugiro que você procure um médico fisiatra para uma avaliação e prescrição adequada da medicação e da reabilitação.
      Boa sorte!

  12. Discorra de forma sucinta sobre as células do tecido osseo envolvidas nos processos de osteopenia e osteoporose,e qual mecanismo que induzem as enfermidades

    • Olá, Roseane!
      Sugiro que você leia neste site o post “Osteoporose dói?”, o qual já fornece estas informações de forma simples para internautas não médicos.
      Caso tenha alguma dúvida, estarei à sua disposição para esclarecer dúvidas.
      Boa leitura!

  13. Olá Dr Thaís,tenho 36 anos tive lesão manguito rotator ombro esquerdo e fiz 3 cirurgias,hoje 50% do movimento e dor cronica,também estou com bursite e tendinite.(discreta artrose acrômio-clavicular,tendinose/tendinopatia crônicae alterações cicratiais)E agora de tanto forçar o outro braço o direito estou tbm com discreta tendinite/bursite.Atualmente estou tendo alergia a medicamentos acho que antiinflanmatorios e hoje o medico me passou lyrica 75mg já tomei hoje bnão me deu alergia mas estou sonolente e com tontura.Faço hidroterapia,rpg pois fiz RM e deu(Protrusão discal posterior central no nível C6-C7 leve compressãosobre a face ventral do saco)e ele me passou acumpuntura e fisioterapia com US e OC para coluna.Não sei mais o que fazer pois sinto muita dor nos braços estou afastada pelo INSS e já estou prestes a ter alta.Gostaria de mais orientações ou indicações pra resolver meu problema.Um abraço

    • Olá, Núbia!
      Não é facil passar por tudo o que está passando com seu ombro.
      Com relação à medicação, converse com seu médico para decidirem qual a melhor relação risco-benefício no seu caso.
      Sua reabilitação está muito boa, mas precisa ser 100% já que é tão alérgica às medicações.
      A hidro, RPG, acupuntura e a fisioterapia analgésica são muito boas e você deve continuar, porém é necessário fazer cinesioterapia e até psicoterapia já que tem um bom tempo de dor.
      Minha sugestão é que faça uma avaliação com um médico Fisiatra para orientá-la quanto à cinesioterapia e psicoterapia necessária para seu caso.
      Boa sorte!

  14. Cara Dra. Thais,
    Parabéns pelo site tão rico em esclarecimentos e ajuda às pessoas que sofrem dores crônicas e não-crônicas. Meu nome é Leila, tenho 49 anos, e desde muito jovem 17 anos sofro de fortes dores na coluna vertebral e, como passar dos anos, essas dores crônicas foram evoluindo para as articulações e musculatura. Fiz diversos tipos de tratamento, um deles foi acupuntura; tomei muitos tipos de anti-inflamatórios, esses por sua fez, tendo tomado por anos e anos à fio, passaram a me dar cistite, o que me obrigou a parar de tomá-los. Sou uma pessoa muito ansiosa desde criança e por muitos anos desde a adolescencia sofri Bem mais tarde, já aos 46 anos, um outro médico me receitou LEXAPRO e perbebi que qdo. tomava o medicamento as dores melhoravam 90%. Resumindo, fiquei desempregada e devido ao preço altíssimo do medicamento, parei de comprá-lo e fui a um psiquiatra que me receitou o EXODUS, um antidepressivo e ansiolítico, mas ele não me tira a dor. Fui a um reumatologista que me recomendou LYRICA 75mg, que não comprei por ainda estar tomando o EXODUS, mas lí a bula do LYRICA na DROGASIL e vi que se trata de um medicamento que trata a ansiedade e as dores de origem neurológica e um de seus efeitos colaterais ou reações adversas é a sonolência. Bem, fiquei na dúvida se poderia tomá-lo junto com o EXODUS que tb/ dá sonolência, porisso acabei não comprando e não tomando. Agora estou com uma dor que nunca havia sentido que é nos tendões de aquiles. Gostaria de saber se devo parar o EXODUS e tomar o LYRICA ou se posso associar os dois. Fora isso, gostaria de saber se o que sinto é FIBROMIALGIA ou é algum tipod e reumatismo que tenho. O reumatologista ainda n]ao me diagnosticou, me pediu um exame de sangue, mas o dia do meu retorno ainda está longe. A Dra. poderia me orientar nisso? Obrigada, Leila Lima

    • Olá, Leila!
      Obrigada pelos elogios ao blog.
      Seus sintomas assemelham-se muito com os da Fibromialgia, porém é necessário realizar alguns exames para descartar outras patologias que também causam estes sintomas.
      Com relação às medicações, você precisa informar seu médico sobre todas as medicações que está tomando e, se mesmo com efeitos semelhantes ele sugerir alguma medicação, você deve seguir suas orientações. Caso apresente algum efeito colateral,converse com ele no retorno.
      Boa sorte e sucesso no tratamento!

  15. Boa noite, Dra Thais! Em primeiro lugar, Parabéns pelo blog! Possui informações claras, objetivas além de ótimas dicas! Dra, a minha mãe vem sentido dores nos ombros,e conforme RM foi diagnosticado o seguinte:
    Ombro direito: tendinopatia difusa em grau moderado e aspecto crônico do supraespinhoso, com irregularidade das fibras da face bursal do mesmo; tendinopatias em grau leve do subescapular e redondo menor,além de bursite e osteoartrose,fato este que ela já tinha conhecimento.
    Ombro esquerdo: também há tendinopatia difusa em grau moderado e de aspecto crônico do supraespinhoso com afilamento e irregularidade das fibras da inserção do seu componente anterior; tendinopatia em grau leve do subescapular e bursopatia subacromial-subdeltoídea,como no ombro direito. O fato é que após o médico examinar os exames,indicou cirgurgia imediata,com a alegação de ruptura transfixante dos tendões em ambos os ombros (conforme o radiologista não há caracterização de ruptura), fixando os tendões com fios em pinos nos ossos,e ainda sem a garantia de que daria bom resultado. Nós achamos os métodos um pouco drásticos,sendo que não há ruptura. Qual a sua opinião? Obrigada!
    Atenciosamente
    Débora

    • Olá, Débora!
      Como sou Fisiatra, minha especialidade é clínica e sempre optamos pelo método conservador quando há possibilidade.
      Do ponto de vista da reabilitação, existe muita coisa para recuperar nos ombros da sua mãe antes de optar por uma cirurgia, que nesta articulação, possui resultados não muito satisfatórios.
      O que posso sugerir para você é procurar uma segunda opinião e o mais indicado seria um médico Fisiatra.
      Boa sorte!

  16. Fiz cirurgia de mama (cancer) retirei um quadrante, fiz quimio e radio em 2006, e fiz tbém esvaziamento axilar. Desde então, comecei a sentir fortes dores no ombro, que foi dianosticado após uns seis meses da cirurgia. O ortopedista fez Ultra Som e diagnosticou Capsolite Adesiva, fiz fisioterapia por 1 ano sem resultado. Sinto dores no ombro diária e noturnamente desde 2006. Tenho dores norturnas o que me deixa sonolenta durante o dia. Neste mês fiz um outro Ultra Som e o resultado foi: Tendinopatia Crônica Difusa do Manguito Rotador. O médico ainda não viu o exame, gostaria de ter maiores explicações. Desde já agradeço a atenção. Abraços

    • Olá, Aide!
      A cirurgia de mama quando é extensa como no seu caso, ocasiona diversas alterações nas estruturas adjacentes. O ombro e o braço no lado da cirurgia são os mais acometidos.
      A reabilitação com drenagem e cinesioterapia, treino de propriocepção entre outras medidas, são essencias para prevenir dor e o “ombro congelado”.
      Sugiro que você faça uma avaliação com um médico Fisiatra para saber se a fisioterapia que você está realizando está adequada e qual o próximo passo da reabilitação.
      Em mais de 80% dos casos a reabilitação quando bem feita, tem excelentes resultados.
      Boa sorte!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s