A DOR ATUAL NA MÍDIA

FOLHA DE SÃO PAULO- COTIDIANO
São Paulo, quarta-feira, 20 de outubro de 2010

GILBERTO DIMENSTEIN

A blogueira da dor

——————————————————————————–
Ela queria apenas explicar, didaticamente, como é a dor crônica, um mal que afeta milhões de brasileiros
——————————————————————————–

A MÉDICA THAÍS SARON transformou a dor física na inspiração para criar um blog. Queria apenas explicar, didaticamente, os mecanismos da dor crônica, um mal que afeta milhões de brasileiros que sofrem com fortes incômodos musculares nas articulações e na cabeça.
Até então, não tinha a menor ideia sobre como se criava uma página. Acostumada aos atendimentos nos hospitais e consultórios, ela conheceu o poder da internet a tal ponto que, agora, só pensa em se reinventar como médica.
Graças à internet, ela descobriu um jeito que as pessoas pudessem, além de se informar, economizar dinheiro no tratamento -ou, em alguns casos, não gastar nada.
“Vi como posso ajudar, sem muita dificuldade, no tratamento de muita gente.”
A experiência começou quando ela fazia residência no Hospital das Clínicas, da USP (Universidade de São Paulo), em fisiatria -especialização da medicina focada na reabilitação. “Vi que gente com dores crônica sofre com a falta de informação e de compreensão.”
Thaís notou a inquietação, que rumava para a irritação, dos médicos que atendem pacientes de dores crônicas. Uma das razões: esses pacientes são, muitas vezes, difíceis.
“Com o tempo, essas pessoas se tornam psicologicamente cansadas, ansiosas, depressivas, com pouca paciência.”
O desconhecimento sobre as doenças era generalizado. “Li uma pesquisa dizendo que, quando o paciente tem informações precisas sobre as doenças, o tratamento é mais fácil e as dores diminuem.”
Para Thaís, além de fisioterapia, essas pessoas também precisam de um divã de analista.
Constatou rapidamente um problema: as informações disponíveis estavam numa linguagem inacessível aos leigos. “Foi aí que tirei a ideia de explicar num blog tudo didaticamente, de um jeito bem simples.”
Para aprimorar sua linguagem, foi procurar ajuda entre os especialistas em telemedicina da USP para poder produzir e publicar blogs. Passou a responder a perguntas dos leitores.
Para ajudá-los a tentar se recuperar sem gastar nada ou muito pouco, além dos endereços de hospitais públicos, montou uma lista de entidades, muitas delas em universidades, que oferecem fisioterapia e psicoterapia gratuitas na cidade de São Paulo. Até então não havia nenhuma lista que reunisse todos esses endereços.
Ao descobrir os encantos da comunicação e da telemedicina, Thaís resolveu pelo menos uma dor pessoal. Está convencida de que já encontrou sua tese de doutorado: o uso da internet na saúde pública.

PS – O endereço do blog da médica Thaís Saron é http://www.adoratual.wordpress.com.

gdimen@uol.com.br

http://www1.folha.uol.com.br/fsp/cotidian/ff2010201004.htm

RÁDIO CBN A RÁDIO QUE TOCA NOTÍCIA – MAIS SÃO PAULO
20/10/2010
Blogueira ajuda pessoas a enfrentar a Dor.

http://cbn.globoradio.globo.com/colunas/mais-sao-paulo/MAIS-SAO-PAULO.htm

JORNAL DESTAK
06/04/2010
BLOG DO LEITOR
“O blog da médica Thais Saron é dedicado ao fenômeno da dor. Fisiatra do Instituto de Medicina Física e Reabilitação do Hospital das Clínicas de São Paulo, ela faz posts bem informados sobre os vários tipos de dor. Além de postar enquetes e vídeos (o último foi sobre Fibromialgia), ela também responde a perguntas dos leitores. O Destak divulga blogs dos leitores ou sugeridos por eles.”
http://migre.me/PF3Q

RÁDIO CBN A RÁDIO QUE TOCA NOTÍCIA- REVISTA CBN

30/01/2010
Blog traz informações para quem sofre de dor crônica
Revista CBN
Entrevista com Thais Saron, médica fisiatra do Hospital das Clínicas e criadora do blog “A dor atual”

viaCBN – A rádio que toca notícia – Revista CBN.

40 Comments

Existem umas coincidências que fazem nossa vida ser deliciosa. Acabo de descobrir seu blog pelo meu querido Saron e já virei fã. Já está nos meus favoritos. Sucesso, sempre!!!

Olá, demorei mais achei um site muito bom , gostei ja sofro com estar dor + ou- 03 anos e dificil só Jeová para nós livrar dessas dores terrivel.
Bjs
Eli

oi sofro de enxaqueca cronica já fis varios tratamentos e so melhora um tempo estou perdendo as esperanças tenho 35 anos e sofro ha 5 anos pressiso de ajuda bjs… selma

    Olá, Selma!
    O mais importante sobre as enxaquecas é determinar qual o fator que desencadeia suas crises.
    O melhor especialista para ajudar a fazer o tratamento meidcamentosos e de prevenção destas crises é o neurologista especializado em cefaléias.
    Espero ter ajudado.

Olá Drª Thais!
Quero Parabenizá-la por esta atitude maravilhosa!
Este site está me ajudando muito!

Olá Dra. Thais!
Estou procurando alguma indicação de médicos que ajudem na diminuição das dores de artrose no quadril. É para minha mãe que está com 90 anos. Apesar da idade e da dor ela é uma pessoa que é bastante independente. Vive só e gosta de dar conta de sua vida. Porém, as dores estão limitando muito sua vida e a cirurgia de protese é muito pesada para sua idade. Gostariamos de saber se há algum tratamento que lhe permita viver sem dores. Agradeço muito sua ajuda. Patrícia

    Olá, Patrícia!
    A artrose é um grande problema mundial, pois as pessoas estão envelhecendo cada vez mais e inevitavelmente apresentando artrose.
    Infelizmente ainda não existe uma medicação milagrosa que acabe com a dor gerada por ela, mas atividade física ameniza a dor, melhora a mobilidade, flexibilidade e qualidade de vida do paciente. Para saber o que é indicado no caso da sua mãe, sugiro que procure um médico fisiatra para orientação.
    Boa sorte!

OLÁ:
MINHA MÃE (75 ANOS) SEMPRE FOI MUITO ATIVA,E, DE UNS MESES P/ CÁ PASSOU A SENTIR MUITAS DORES QUE ESTÃO PIORANDO,NO PIRIFORME E NOS BRAÇOS.
ELA SEMPRE FEZ CAMINHADAS E, ANTES DE COLOCAR PROTESE NO JOELHO,(ACHO QUE DIREITO) FAZIA DANÇA DE SALÃO,MAS DEVIDO AOS PROBLEMAS DOS JOELHOS,E TEVE QUE PARAR.DEPOIS DO SOFRIMENTO COM A DOENÇA E MORTE DA MINHA AVÓ(MÃE DELA,EM 2008) E, APESAR DE ESTAR SEMPRE EM AÇÃO E QUERENDO MUITO APRENDER OUTRAS ATIVIDADES A TUALMENTE,ESTÁ TENTANDO SUPERAR-SE MAIS UMA VEZ DESTAS DORES TODAS MAS ISTO ESTÁ SENDO MUITO DIFÍCIL,E ELA DORME E ACORDA E FICA O DIA TODO COM MUITAS DORES E CADA DIA MAIS INTENSAS,MESMO FAZENDO O QUE SEUS MÉDICOS PRESCREVERAM…O QUE ELA PODERIA FAZER AQUI NO JARDIM BOTÃNICO_RIO_RJ,PARA MINIMIZAR ESTAS DORES,JÁ QUE TAMBEM TEVE QUE USAR UM COLETE EM 1990,DEVIDO A UM ACIDENTE AUTOMOBILISTICO QUE QUASE A DEIXOU TETRAPLEGICA DEVIDO A UMA FRASTURA DE VÉTEBRA ONDE TEVE QUE COLOCAR UMA HASTE METÁLICA NA COLUNA DORSAL E QUE SE MANTÉM ATÉ HOJE???GRATA,TERESA ABREU

    Olá, Teresa!
    No RJ há vários médicos fisiatras e uma avaliação com um deles seria muito importante para melhorar a capacidade funcional física de sua mãe e promover a qualidade de vida. É muito importante esta avaliação antes de iniciar a atividade física para não ocorrer nenhuma complicação.
    Boa sorte!

por favor estive a 7 anos afastada pelo inss, tive alta e a empresa no qual era digitadora nao me aceita e nem o inss o retorno, mas o principal estou sem tratamento correto, tenho hernia de disco cervical, dorsal e lombar, uma sequela de fratura na lombar, tendinite punho,antebraço,cotovelo e supra espinha, e bursite ombro, enxaquecas, sindrome do panico, ando mto nervosa e preciso de tratamento e me encontro em tudo aqui no site escrito e gostaria de saber aonde encontro tratamento gratuito uma vez q estou 2 anos sem salario, aguardo a justiça pq estou com processos…me ajude por favor

    Olá, Andrea!
    Sugiro que procure um médico fisiatra para orientá-la quanto ao melhor tratamento de reabilitação para seu caso.
    Este tratamento é disponível no SUS.
    Boa sorte!

KATIA REGINA DOS SANTOS 22 de setembro de 2010 às 10:58

ola ,minha mae fez a ressonancia magnetica aberta e o diagnostico e perdas dos sainais habituais l3 l4 e l4 l5 coluna lombar sacra degenerativa .voltamos ao medico com o exame e ele diz qe ela nao tem nada ,fez receita remedio manipulado , ela sente muita queimaçao na regiao da coluna descendo entre as pernas , perdas do movimento das pernas e dificuldade para andar perde os movimentos , anda muito deprimida por sentir dores constantemente , e tdos os remedios que passam nao ajuda em quase nada o sintomas continuam os mesmos.Poderia me explicar o que significa este diagnostico ? ELA SE TRATA PELO SUS!!!!!!!!!!!!

    Olá, Katia!
    Alterações degenerativas significam envelhecimento dos discos intervertebrais e isto não causa dor.
    Ela precisa de avaliação de um médico fisiatra para definir a causa da dor e com o diagnóstico, fazer o tratamento de reabilitação adequado para seu caso.
    Este tratamento é disponível no SUS.
    Boa sorte!

MIRIAM DOS SANTOS LIRA DE ASSUNÇÃO 24 de setembro de 2010 às 00:21

Oi,tudo bem?
Tive CA de reto e logo em seguida Leucemia de células cabeludas,que não possui transplante,isso resultou uma série de outras doenças como: FIBROMIALGIA,ARTRITE REUMÁTÓIDE,DISCOPATIA DEGENERATIVA,BURSITE,ETC… TENHO DORES PRATICAMENTE 24 HORAS,TOMO MUITO MEDICAMENTO ANTI-DREPRESSIVOS,E NÃO ESTÃO ADIANTANDO,A Sª TERIA ALGUM OUTRO TRATAMENTO?
TENHO 48 ANOS, E CONVIVO COM A LEUCEMIA DESDE O ANO DE 2000.CA DE RETO FOI EM 1999.FIZ ESPLENECTOMIA.OBRIGADA.

    Olá, Miriam!
    As dores generalizadas podem ser minimizadas com tratamento de reabilitação muscular.
    Sugiro que procure um médico fisiatra para fazer uma avaliação de sua condição física e prescrever um programa de reabilitação que alivie suas queixa.
    Boa sorte!

Andreza Aparecida França 4 de outubro de 2010 às 21:30

oi,eu gostaria de saber se hérnia de disco geralmente causa dor de grande intensidade sem alívio.Se a dor causa tremores e dormências em algumas partes do corpo.

    Olá, Andreza!
    Neste site temos dois capítulos só sobre a hérnia de disco(Hérnia de Disco e Causas e Consequências da Hérnia Discal).Sugiro que você leia e verifique se o tipo de dor e sintomas se encaixam neste quadro.
    Boa leitura!

Thais, excelente, auxiliar as pessoas que sofrem física e emocionalmente, com orientações, demonstra todo o profissionalismo e sensibilidade com o ser humano. Seu site é esclarecedor; ótimo trabalho.
reiko.

Dra Thais, tenho 62 anos e venho sentindo muita dor no corpo, quando fico sentada por um tempo, ao me levantar sinto dores e dificuldade para andar, depois volto a andar normal, mas sempre com o corpo dolorido. Atualmente a dor esta acentuada na lateral da perna direita abaixo do joelho. Outro dia fiquei falando no telefone por um tempo e quando desliguei não consegui mexer a mão, precisei tomar um tylenol para dormir . Ja fui operada do tunel do carpo e de dos polegares (gatilho).
A noite me doi muito as pernas e porisso acordo bastante. Já me consultei com uma reumatologista e ela diagnosticou FIBROMIALGIA, me receitou uma fórmula que me fez muito mal. Gostaria de saber que médico devo consultar para saber realmente o que tenho, pois sempre fui muito disposta.
Conto com sua ajuda!.Abraços!

    Olá, Lena!
    Seria interessante você ler o post “Eu tenho Fibromialgia” deste blog e verificar se você acha semelhança com os sintomas que vem sentindo, isto ajudará na hora que procurar um médico.
    O médico indicado para você fazer uma avaliação é o Médico Fisiatra pois ele definirá se sua dor é de oriegem muscular, articular, óssea ou neurológica.Assim, ele prescreverá o tratamento medicamentoso mais indicado ao seu diagnóstico (mostre a ele a fórmula que usou e fez mal) e indicará o melhor tratamento de reabilitação para seu caso.
    Não demore para procurar ajuda!
    Boa sorte!

Boa tarde Dra. Thais

Fiz ressonancia magnética dos dois pés, e foi constatado Neuroma de Morton. Poderia me orientar qual seria o melhor procedimento a adotar?

Parabéns pelo seu blog. As explicações são bem claras.

Obrigado

Antonio

    Olá, Antonio!
    Tudo depende da gravidade de seus sintomas.
    Se forem leves:
    – mudanças de hábitos, como usar sapatos mais confortáveis, de bico largo e fazer alongamentos específicos diariamente.
    -fazer podobarometria para prescrição de palmilhas ideais para diminuir a pressão no local do neuroma
    -uso de antiinflamatórios conforme prescrição médica
    -Fisioterapia analgésica
    Se forem mais intensos, a cirurgia pode ser indicada.
    De qualquer maneira, sugiro que procure um médico Fisiatra para indicar o melhor tratamento para seu caso.
    Espero ter ajudado!

oi thais, estou em U S A a 14 anos, e estou com estas dores nos pes, ja fui no medico , me deu uma enjesao no pe que dueu mutoooo, mandou fazer alongamentos , tomar moutrim pa dor, uzar gelo 3 vezes ao dia e as dores continuao mais e mais ,sou diabetico, mas controlo. gostaria de saber se posso tomar cataflan, para ajudar um pouco na inflamasao, que aqui consigo o cataflan. , fique com deus, que aqui ficom ele e as minhas dores. muito obrigado

    Olá, Beraldo!
    Qual a causa da sua dor nos pés?Você tem diagnóstico?
    Como você é diabético, não aconselho a tomar o cataflan, que é um antiinflamatório, sem antes consultar um médico.Esta medicação pode levar a insuficiência renal e como você é diabético, tem um risco maior.
    Sugiro que consulte um médico e exija seu diagnóstico, explique a ele que é diabético e que necessita de um analgésico mais eficaz para sua dor.
    boa sorte!

Pedro Luciano Nogueira 4 de novembro de 2010 às 15:36

Boa tarde Dra Thais!

Só hoje é que li sobre a reportagem que fizeram sobre seu trabalho e a idéia de nos ajudar de uma maneira mais fácil e melhor,de graça! Muitas pessoas por vezes estão desesperadas por uma informação ou solução de uma dúvida mas nem sempre conseguimos numa consulta sairmos totalmente esclarecidos pelo médico,como é o meu caso. Concordo qdo a doutora diz que é bom o paciente ter informação a respeito do seu problema/dor,ajuda sim a diminuir a ansiedade e podemos ir logo a fonte do problema e encarar de frente a situação fazendo com que a solução ou,pelo menos a diminuição da dor,venha com mais facilidade.
A doutora está mesmo de parabéns!!! Muito obrigado em meu nome e em nome de muitos outros que aqui estão sendo ajudados pelo seu ato de amor e solidariedade!

Boa noite,doutora minha irmã sofre de polineuropatia sensitivo motora axonal,gostaria de saber se tem algum exercicio para tirar essa sensibilidade dos pés e das mãos..obrigada.

    Olá, Fátima!
    Sim, existem exercícios para melhorar a sensibilidade, porém são prescritos conforme o caso.
    Sugiroque sua irmã faça uma avaliação com um médico Fisiatra para ser orientada quanto aos exercícios.
    Boa sorte!

Drª eu fiz uma Cirurgia para corrigir DEDO EM GARRAno 2° dedo do pé esquerdo, que foi traumatizado;
agora estou fazendo fisioterapia para regenerar tendão e ligamento:
Em quantas sessões de Fisioterapia com TENS o meu dedo começa a “parar de formigar”.
obrigada

    Olá, Laila!
    A resposta desta pergunta depende de vários fatores que poderão ser respondidos pelo médico que a avaliou ou fez sua cirurgia.
    Estes fatores são, seu quadro clínico, fisioterapia realizada, tipo de abordagem cirúrgica, etc…
    Conversa com seu médico para tirar suas dúvidas.
    Espero ter ajudado.

Olá , tenho feito tratamento para sindrome do carpo a 4 anos, recentemente
tenho tido muitas dores na palmas das mãos e a mesma começou a inchar entre os dedos e palma de ambas as mãos.
fiz a um mês exames de eletroneuromiografia e ultrasonografia onde não acusou nada sendo que foi relatada a sindrome do carpo na primeira ultrasonografia a 4 anos …
Gostaria de saber sindrome do carpo tem cura?////
O que pode ser o meu problema, sinto dores terríveis na palma da mão , caimbras, dormencia, falta de sensibilidade dos dedos e ao abrir e fechar os dedos da mão direita o dedo anelar trava , não tenho força para segurar objetos pesados nem mobilidade para lidar com objetos pequenos
obs: trabalho de passadeira em lavandeiria pode ter alguma relação?///

    Olá, Darlene!
    Neste blog há um post que descreve a Síndrome do Túnel do Carpo e sugiro que você leia e se tiver dúvidas, me coloco à disposição.
    Como vai ler no post, os movimentos repetitivos podem intensificar os sintomas.
    Boa leitura!

Olá Doutora, tenho uma irmã que tem 2 filhos maravilhosos e esta no seu 2º casamento.
Não sei o que acontese , ela briga com todos é super mentirosa e vive num mundo de mentiras que so ela acredita.
Ela pensa que engana a todos mas somos em 6 irmãos e sabemos que ela não esta bem , mas não sabemos como ajuda-lá pois toda e qualquer aprosimação vira briga.

    Olá, Katia!
    Em primeiro lugar, ela precisa querer ajuda, sem isso ninguém conseguirá ajudá-la!
    Talvez um psiquiatra possa identificar o que está acontecendo com ela.
    Boa sorte!

Olá, Thais!
Estou desesperada, pois agora fiz uma ressonância magnética e costatou que estou com simdrome do impacto no ombro direito. DERRAME ARTICULAR MÍNIMO; TENDINOPATIA DA CABEÇA LONGA DO BICEPS, COM LUXAÇÃO MEDIAL EM RELAÇÃO À SUA GOTEIRA; RUPTURA COMPLETA DAS FIBRAS SUPERIOR DO TENDÃO SUBESCAPULAR, JUSTA-INSERCIONAL; SINAIS DE BURSITE SUBACROMIAL/SUBDELTOIDEA; E TENDINOPATIA DO SUPRAESPINHOSO. O QUE É ISSO E QUAL A GRAVIDADE DESSE PROBLEMA E SE REALMENTE E NECESSARIO FAZER UMA CIRÚGIA? POR FAVOR RESPONDA COM URGENCIA POIS ESTOU DESESPERADA SEM SABER O QUE FAZER POIS NÃO TENHO CONVENIO MEDICO E O SUS NO MEU ESTADO É MUITO PRECARIO. O QUE DEVO FAZER? SOU FELENICE DO PIAUI.

    Olá, Felenice!
    O que você está apresentando é exatamente o que diz no laudo.
    Não é indicada cirurgia para o ombro se não houver limitação funcional importante.
    Sugiro que faça tratamento de reabilitação orientada por um médico Fisiatra para evitar a cirurgia.
    Boa sorte!

Deixe um comentário

Name and email address are required. Your email address will not be published.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <pre> <q cite=""> <s> <strike> <strong> 

%d blogueiros gostam disto: