PERFIL

Sou médica fisiatra e trabalho no Instituto de Medicina Física e Reabilitação do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo -IMREA FMUSP.

Endereço consultório:
Av Brigadeiro Luis Antônio,  3421
jardins
São Paulo-SP
Tel: 11 3884.1101 | 3052.2362

98 Comments

kelle cristina de oliveira 8 de março de 2009 às 17:00

tenho fibro a 7 anos uma luta conste no nomento estou sem tratamento e não sei o que fazer morro no interior do rio e acho muito dificiul me tratar aqui tenho familia em são paulo pode me ajudar tenho tres filhos que sofrem muito ao me verem com dor e me marido então sofre muito

    Kelle,
    Você precisa de tratamento.
    Se fica inviável para você vir para São Paulo ou para o Rio, procure um clínico geral na sua cidade que conheça a Fibromialgia e possa te ajudar.
    Com certeza, você ficará melhor do que sem nenhum tratamento.

Thais
Adorei o blog..
Muito sucesso…

Thais
Gostei muito das informações, principalmente da parte “Eu tenho fibromialgia?”.
Deu-me a certeza de que estou no caminho certo!
Obrigada

Olá, Dra Thais

Meus parabéns pela iniciativa!!!
O conteúdo do site está muito bom!!!
É através de médicos como você que os pacientes encontram o apoio necessário para seguir lutando pela sua recuperação e por uma vida cada vez mais ativa…
Que o seu trabalho inspire muitos outros profissionais a seguirem o mesmo caminho…
E que cada vez mais pessoas tenham a oportunidade de conhecer seu blog e aprender sobre suas condições…

Dra Thais!

Simplesmente amei o blog. Tem informações de forma clara e didática, para que possamos entender melhor a doença e associar corretamente o que é sintoma e o que não é.

Não tenho dúvida de que aqui encontramos a mesma dedicação e altruísmo que observamos quando você nos atende pessoalmente.

Bjs!

    Obrigada, Andrea!
    A intenção é que vocês utilizem o blog para tirar suas dúvidas e isto facilite a compreensão da doença e a adesão ao tratamento!
    Um beijão!

Thais querida, esse espaço é uma maravilhosa extensão do seu conhecimento, competência e humanismo. Parabéns! beijos com muito orgulho! Má

Alo Thais
Muito boa qualidade o seu blog , tanto para leigos como a profissinais
somos parte de um centro de estudos da area de reabilitação fisica no espirito santo
temos interesse em manter contatos
nosso blog :cecrefesblog.blospot.com
PS: tambem sou medicio fisiatra ( das primeiras turmas do HC USP)
nelson

    Olá, Nelson!
    Fico honrada em receber um comentário de um veterano da Fisiatria do HC!!!
    Aproveito para lhe perguntar como descobriu meu Blog, pois estou fazendo um mapeamento dos acessos.
    Visitei o Blog do CECREFES e sempre que pudermos ampliar o conhecimento sobre nosso MUNDO DA FISIATRIA é válido.
    Vamos manter contato e fico à disposição para eventuais dúvidas.
    Thais

      Alo Thais
      E verdade frequentemente dedico 1 a 2 hs para verificas novidades no brasil e abroad nas areas de dor, reabilitação , enmg , neuro , homeopatia
      hoje de manhã me deparei com o blog, achei interessante e sério , ilustativo , parabens
      PS: ha cerca de 1 ano estamos com um representante do HC – Dra FAbricio Buzzato

      nos falamos

      parabens

      nelson

Olá Drª Thais

Adorei seu Blog, fico feliz em saber que profissionais como a Srª se dediquem ao bem estar de outras pessoas. São destes profissionias que o mundo está necessitando, afinal nos dias atuais as pessoas estão ficando cada vez mais individualistas e alienadas em seu mundo.
Parabéns pelo trabalho e aguardo sua página sobre a dor na Terapia Ocupacional.
Ah!! já estou divulvando, e já está aliviando muitas dúvidas.
Bjus!!!!!!!!!!!!!

Passei pra conhecer o site e acabei “navegando” em tudo, rs. Adorei!
Acho que as informações estão claras e objetivas o que facilita a visita e o entendimento dos pacientes.
Sucesso sempre!
Beijos
Sissi

    Oi, Sissi!
    Fico feliz por estar atingindo o objetivo do Blog, que é informar de forma bem didática e com fundamentos científicos os nossos pacientes!
    Um beijão para você!

Thais,
excelente trabalho para divulgar a nossa especialidade e trazer informação para todos, numa linguagem simples e didática. Dessa forma, pode conscientizar a população sobre temas frequentes e esclarecer suas dúvidas.
Sucesso!

Thais, o site ficou excelente! Não é a toa que está com tantos acessos: parabéns! Sempre admirei sua dedicação aos pacientes (desde de quando vc foi minha preceptora), seu carisma e meiguice. Muito sucesso, voce merece!!!

Quando tive conhecimento do Blog, antes mesmo de vê-lo, tinha a certeza de que seria algo extremamente interessante e bem feito, apenas pelo fato de conhecer a autora do mesmo.

A Dra. Thaís Saron é um exemplo de profissional e de ser humano. Posso afirmar isso por pontos de vista diferentes: tanto como paciente que sou, como futuro colega de profissão.

Como já foi colocado, é uma profissional extraordinária, não só pela sua indiscutível competência, mas pela sua dedicação incondicional ao paciente, sem dúvida um exemplo a ser seguido. Altruísta no sentido mais estrito da palavra; sempre preocupada em ter uma visão holística do paciente e não o observando apenas sob a perspectiva biomédica, em que se busca não o paciente como um todo, mas a doença que ele possui.

O blog “A Dor Atual” vem ratificar a sua competência, à medida que consegue expor informações importantíssimas e por muitos desconhecidas, com linguagem simples e atraente, de maneira a atingir não só ao público leigo, mas também aos profissionais de saúde, compondo, por conseguinte, uma ferramenta de grande utilidade; indubitavelmente, um excelente serviço prestado à população !

Meus parabéns por mais essa empreitada de sucesso !!!

    Querido Diogo!
    Muito obrigada por suas carinhosas palavras, me senti honrada por ter sido elogiada por alguém tão diferenciado!
    Daqui alguns anos estaremos compartilhando pacientes, discutindo condutas e tenho certeza de que aprenderei ainda mais com você, não só como paciente, mas também como colega!!

Saudações Dra. Thais!

Primeiramente gostaria de parabenizar pela iniciativa deste blog! Realmente ele nos oferece informações importantes no que diz respeito a nossa saúde, em uma linguagem simples, completa, e sem deixar de ter um embassamento científico.

Sou educador físico, e foco meu trabalho com pessoas que necessitam de uma atividade física por questões relacionadas a sua saúde, sejam elas preventivas ou mesmo devido a recomendações médicas. Tento manter meu blog com um intuito similar ao seu, que é de informar de forma simples e séria sobre aspectos inerentes à atividade física e saúde.

Gostaria de aproveitar e saber se você atende pela UNIMED. Digo isto pois minha mãe sofre com fortes dores na coluna devido a uma escoliose tóraco-lombar, tendo um desvio importante. Aonde moramos (Presidente Prudente) não tem médico fisiatra, e os médicos daqui que atuam na ortopedia não conseguiram ao menos melhorar o quadro de dor que ela sente.

Então eu gostaria de levá-la até São Paulo para passar por uma avaliação sua e verificarmos as possibilidades de melhora, que seje mínima, da dor que ela sente, e deixar assim seu corpo mais funcional.

Abraços e sucesso sempre!

    Olá, Angelo!
    Muito obrigada pelos elogios ao Blog!
    Infelizmente eu não atendo pela UNIMED, mas no Hospital 9 de Julho temos um esquema de reembolso de alguns convênios e acredito que a UNIMED está incluída. O telefone de lá é: (011) 3147 9891.
    Se você quiser, posso indicar a você um fisiatra próximo à sua cidade!
    Visitei seu site e ele é muito bem escrito e tem assuntos muito importantes não só para quem tem dor, mas para a saúde em geral!
    Para quem quiser a sugestão: http://www.saudeinfinita.blogspot.com/
    Parabéns!

Dra. Thais, por que não escreve um post como Guest Blogger em meu Blog – De caso com a medicina&saúde. Seria um prazer poder compartilhar de seu conhecimento.
Parabéns pelo Blog!
Um abraço,
Cristina

Boa tarde doutora!!
é possível indicar um bom medico que trate de hernia do disco e nervo ciatico em Sao Paulo, SP? Não sei qual especialidade procurar, uns dizem ortopedista, outros neurologista. Se atender pela sulamerica, será melhor ainda.

Obrigada

    Olá,Eliane!
    Você pode se consultar com um médico Fisiatra.
    Existem vários em São Paulo, mas para encontrar o mais próximo à sua casa, sugiro que você procure na Associação Brasileira de Medicina Física e Reabilitação, cujo link temos na página inicial deste site.
    Boa Sorte!

Gostaria de saber como faço contato com a Dra. Thais Saron . Tenho sindrome dolorosa miofascial na região lombar e sofro muito a 10 anos . Agora estou numa crise de dor muito violenta e gostaria de saber se tem indicação de mpedico fisiatra no Rio de janeiro que trabalhe com dor .Obrigado. Telmo

    Olá, Telmo!
    A Síndrome Dolorosa Miofascial na região lombar é muito frequente pode ter alívio completo com o tratamento medicamentoso associado ao de reabilitação adequados.
    Existem vários médicos Fisiatras no Rio de Janeiro, para encontrá-los, procure na página inicial deste blog o link: Associação Brasileira de Medicina Física e Reabilitação e neste site tem uma relação de todos os médicos fisiatras do Brasil dividido por cidades.
    Boa Sorte!!

faço academia a seis meses fiquei uma semana sem fazer e o o meu joelho começou a doer em seguida ao subir e descer degraus começou a travar gostaria de saber como faço para melhorar isso pois no momento estou sem convênio?

    Olá, Carla!
    Sugiro que você procure um médico no SUS para avaliar seu joelho, determinar o diagnóstico e definir o melhor tratamento para o seu caso. Sugiro ainda que você pare de fazer suas atividades na academia até definir a causa das suas dores.
    Boa Sorte!!

Olá Thais, gostei muito do seu blog. bastante informativo e simples podendo atingir a todos com informaçòes importantes. também trabalho com dor crônica, só que no Rj e também tenho um blog sobre dor. http://www.padaartur.wordpress.com – blog da dor crônica. Espero que você não se importe de que eu passe por aqui sempre para ler seus textos.
abraços

Artur

Olá, preciso muito de ajuda,tenho um filho de 14 anos que ultimamente vem bebendo,naõ me obedece,naõ respeita mais horários,perdeu interesse nos estudos,só quer saber de funk e garotas e já chegou a me empurrar….naõ sei mais o que fazer ´;pois ele é criado comigo e com a avó, qual será a atitude do conselho tutelar? o que posso fazer antes que seja tarde? moro em santo amaro,ajude-me por favor…. agradeço

    Olá, Márcia!
    Sem dúvida você precisa de ajuda para melhorar o relacionamento com o seu filho, existe algum motivo que faz com que ele aja desta maneira.
    Para você identificar o que está acontecendo e aprender a lidar com esta situação, sugiro que você procure especialistas em relacionamento familiar.
    Na lista de Psicoterapia gratuita você encontrará locais que fazem este tipo de atendimento e até alguns especializados em adolescentes como o Centro de Referência da Infância e da Adolescência- CRI que fica na Vila Mariana. Se você tomar a iniciativa de procurar ajuda com psicólogos para você aprender a lidar com ele,através da psicoterapia, ficará mais fácil no futuro de evitar um situação pior e a aceitação dele será mais fácil para um possível tratamento psicológico.
    Boa Sorte!

Bom dia Dra. Thaís
Há 2 anos tenho sofrido com fortes dores.
Começou com uma dor lombar e hoje essa dor se inicia na região lombar e irradia para o pé, sempre do lado direito.
Já fiz vários exames e foi diagnosticada hérnia de disco em L5 S1, do lado esquerdo,o que segundo os médicos não é a causa da dor.
Ao fazer um eletroneuromiografia, o médico sugeriu que investigasse a possibilidade de Síndrome Dolorosa Miofascial.
Então, meu neurologista me encaminhou para um reumatologista, que pediu vários exames e a única alteração foi PCR 1.2.
Sou de BH mas moro no interior de SP e já estou começando a pensar que os médicos aqui não estão conseguindo descobrir o problema…até bloqueio já tomei, já passei pelo HC da USP Ribeirão Preto e nada resolveu.
Por favo, me oriente sobre o que devo fazer. Devo procurar ajuda em BH ou SP?
Tem alguém em BH que possa me ajudar?
Desde já agradeço a atenção.

    Olá, Thamara!
    Em Ribeirão Preto, inaugurou uma nova unidade de Reabilitação da Rede Lucy Montoro vinculada à USP Ribeirão, porém, conversei com o médico Fisiatra que está coordenando esta unidade (Dr Marcelo Riberto), que me informou que por enquantos os atendimentos estão sendo pelo SUS, você pode tentar passar com ele, mas será um pouco mais demorado. Em BH, existem duas médicas Fisiatras competentíssimas que indico para você procurar tratamento, deixo seus nomes e emails para você entrar em contato:
    ANA PAULA COUTINHO FONSECA
    foncecap@uol.com.br
    CLAUDIA FONSECA PEREIRA
    fonsecapereira@superig.com.br
    Boa Sorte!

Boa noite doutora Tais, tive uma distensão muscular nas costas, o medico receitou MIOFLEX A. O problema é que tomo Valim. Ele me disse que nao tem problema nenhum.Mas o MIOFLEX causa muito sono.Parei dois dias com o Valium.Mas tenho medo da abstinencia dele.O que a doutora aconselha, uma vez que tenho insonia, mas no momento preciso do MIOFLEX-A.Bjs. obrigada desde ja.

    Olá, Silvana!
    Sugiro que converse com o seu médico sobre estes efeitos colaterais pois ele poderá alterar a medicação para você dormir tranquilamente e melhorar de suas dores.
    Boa Sorte!

Dra Thais:

Gostaria de saber se a frouxidão ligamentar atinge todas as articulações de um mesmo indivíduo e se ela tem correspondência com a dor crônica. Obrigada.

    Olá, Érica!
    Se esta frouxidão ligamentar for de origem genética pode acometer todas as articulações do corpo e pode piorar a dor crônica já instalada. Sozinha não é causa de dor crônica.
    Espero ter esclarecido suas dúvidas.

jussara brito boaventura 6 de maio de 2010 às 14:49

Olá Dra. Thais!
Minha mãe sofre com fortes dores na coluna devido a uma escoliose tóraco-lombar, Tem dores terriveis nas mãos q vivem inchadas e sem sensibilidade.Já foi em varios ortopedistas,até já fez uma cirurgia na mão ,mas nada resolveu.Ela dorme e acorda sentindo dor.Minha mãe tem 80 anos,e é ainda uma mulher q gosta muito dos afazeres domesticos,daquelas q ninguem faz com q ela fique parada mesmo gemendo de dor.Morro de dó dela e quero muito.de todo coração ajuda-la a pelo menos aliviar a dor.
Desiludida e desesperada sentei em frente ao computador e Deus me mostrou este blog da Dra,e eu me enchi de esperança.Sou de Belo Horizonte-MG,e a Dra,indicou 2 medicas daqui para uma internauta,q foram a Dra. Ana Paula Coutinho e a Dra. Claudia Fonseca Pereira,liguei imediatamente ,porem elas só tem horario para consulta a partir do mes de junho.Gostaria de saber se vc ñ teria uma outra indicação,q fossem tão compedentes como elas,mesmo q fosse particular,(pq ela tem unimed)mas talvez particular eu encontre horario.Faço qualquer coisa,(apesar de ñ ter financeiramente),deixo de pagar alguma coisa mas ajudo a aliviar as dores de minha mãe.
O seu blog é maravilhoso,vc esta de parabéns.Que Deus lhe dê em dobro por tudo q faz pelas pessoas.
Aguardo anciosa sua resposta.
Meu email é:jusb2@hotmail.com.
Deixei tb meu endereço de orkut,uma vez q ñ tenho site.
Muito obrigada.
Fq com Deus

jussara brito boaventura 18 de maio de 2010 às 14:59

Dra.Thais,boa tarde!

a uns dias atraz lhe mandei um e-mail,para q pudesse me indicar um medico fisiatra para minha mãe(somos de Belo Horizonte,MG),uma vez q as doutoras Claudia Fonseca e Ana Paula Coutinho (indicadas por vc )ñ estavam com horarios disponiveis.Porem mandei um e-mail para Dra Claudia ,falando q peguei indicação do nome dela atravez do seu blog.Ela imediatamente respondeu ao meu email,falando q realmente estava sem horario,e q naquela semana estaria indo para um congresso no Rio de Janeiro e assim q retornasse,tentaria arrumar um horario,devido o estado de minha mãe.
Pois bem ,isso se deu no dia 06/05/2010.E hoje dia 18/05/2010,a secretaria dela me ligou e amanhã cedo estarei levando minha mãe para consulta.Estou muito feliz e muito agradecida a sua bondade e disponibilidade em ajudar as pessoas.E lógico ,tb muito agradecida a Dra Claudia,q foi de uma grandeza sem igual.
Deus permita q tudo corra bem,e q minha mãe possa se sentir mais aliviada.
Muito obrigada pela indicação,pela atenção,pelo ser humano maravilhoso q você é. Que Deus a proteja sempre.
Algo me diz q logo lhe escreverei novamente relatando as melhoras de minha mãe.
Um forte abraço.
Jussara Brito Boaventura

Boa tarde doutora…

Pela manã fiz uma endoscopia e o médico me deu valium, porém tenho escoliose e estou com dor. Gostaria de saber se poso tomar o Mioflex sem problema??
Desde já agradeço.

    Olá, Silvia!
    Para saber se pode tomar algumas medicações, precisa saber o que está acontecendo com o seu estômago, ou seja, é preciso informar seu médico sobre o resultado da sua endoscopia e aí ele determinará qual o melhor tratamento para sua dor.
    Sugiro que procure um médico Fisiatra para não depender de medicações para o alívio de suas dores, já que tem problemas estomacais.
    Espero ter ajudado!

BOA NOITE SINTO UMA DOR NA LATERAL DO JOELHO QUANDO SUBO ESCADA ISSO É PLICA GRATO

OLA DR.
EU TENHO FIBROMIALGIA E ME SINTO MUITO SENSÍVEL A DORES.
E FICO COM AS MÃOS INCHADAS E A SOLA DO PE´.
GOSTARIA DE SABER O QUE ME INDICA PARA QUE POSSA AMENIZAR ESSE DESCONFORTO

OBRIGADA ABRAÇO

    Olá, Vivian!
    A fibromialgia causa muito desconforto.
    Infelizmente não há medicação que tire 100% estes sintomas, o melhor a fazer são exercícios específicos para sua condição física.
    Sugiro que procure um médico Fisiatra.
    Boa sorte!

Olá Dr,goataria que me indicasse um hospital que atende pelo sus para tratamento de dor cervical e lombar.obrigada.

Olá Dra. Thais,
sou aluno do 6º ano do curso de medicina e estou me preparando para fazer as provas de residência no final do ano. Estudo na UnB e aqui não temos contato com fisiatras (o que eu acho um absurdo!). Enquanto procurava maiores esclarecimentos sobre a especialidade, encontrei o seu site, e como vi que ele é um site aberto a perguntas e comentários, resolvi fazer alguns questionamentos a senhora. Antes desses, gostaria de lhe dizer que, embora sem contato com a especialidade na faculdade, a medicina física e de reabilitação me chamou bastante a atenção, e o pouco que eu sei sobre a mesma me faz acreditar que, bastante contente, eu me “encontrei” na medicina.
A primeira coisa que queria perguntar é sobre a relação do fisiatra com o fisioterapeuta. Como eu vi no seu proprio site, parece que existe pelo fisioterapeuta alguma dificuldade de aceitação do fisiatra como co-participante no processo de reabilitação. Isso é verdade? E já que estamos falando sobre a fisiatra e a fisioterapia, quais seriam as diferenças mais marcantes entre essas duas áreas da reabilitação?
Bom, se não for pedir demais, gostaria de colocar somente mais 3 coisas: a senhora recomenda algum livro para esclarecimento minucioso da especialidade? A senhora tem algum material sobre a especialidade que pode ser enviado a mim (por e-mail)? A última pergunta: quais hospitais a senhora recomendaria fazer a residência em fisiatria? E quais não seriam recomendados?
Desde já, agradeço pela atenção.

    Olá, Daniel!
    A primeira e principal diferença entre fisiatra e fisioterapeuta é que o fisiatra é médico, ou seja, ele pode fazer diagnóstico, prognóstico e prescrever tratamento tanto medicamentoso quanto de reabilitação. O fisioterapeuta só pode realizar a terapia que foi prescrita pelo médico, mas pode optar em como realizá-la.Por exemplo no caso de uma desensibilização, ele pode optar qual técnica utilizar.
    Os fisioterapeutas que “não aceitam” o fisiatra como líder da equipe de reabilitação, são aqueles que não sabem a função do fisiatra, têm medo de que o fisiatra pegue seu mercado, o que é um equívoco, já que ambas atuam em diferentes áreas. Os fisioterapeutas acostumados a trabalharem com fisiatras sabem a diferença e a importãncia de trabalharem juntos para o melhor do paciente.
    O melhor livro de reabilitação é o :Tratado de Medicina de Reabilitação, cujo autor é o DeLisa. Você pode encontrar vários artigos de fisiatria no site da ACTA FISIÁTRICA.
    Sugiro que faça residência nos principais centros de reabilitação de São Paulo:HCFMUSP, EPM, Santa Casa e AACD. O Hospital Arapiara de BH tb é mto bom.
    Boa sorte!

Edna Dias da Silva Oliveira 28 de setembro de 2010 às 15:47

Boa tarde,Dra Thais,há meses venho sentindo fortes dores no pescoço,dores de cabeça,formigamento nas mãos,pernas.Procurei um ortopedista que pediu um raio x da coluna cervical.O resultado:Corpos vertebrais preservados com osteófitos marginais.Redução do espaço discal c5-c6 com esclerose dos platôs vertebrais.Entesopatia costocervical.Má demilitação do espaço discal c6-c7.. Ele me receitou um analgésico e sessões de acumputura.No início,até notei uma melhora,mas com o passar do tempo,as sessões não aliviavam as dores.. Procurei-o de novo e pedi uma RM da coluna cervical,ele foi super grosseiro comigo,mas fez o pedido do exame.Fiz a RM e o resultado foi: Osteófitos anteriores;Herniação discal pos terior,central mediana em c5-c6,exercendo compressão sobre o saco dural e a medula espinal;Há ruptura do ânulo fibroso de tal disco.Protusões disca is posteriores,central mediana em c4-c5 e c6-c7,exercendo compressão so bre o saco dural;Demais discos invertebrais de aspecto normal;Alteração de generativa do tipo 1 de Modic(edema) nos platôs de c5-c6;Hipertrofia facetá ria interapofisária e dos processos unciformes,estenosando os forames neu rais;Medula espinal de morfologia e sinal normais;Estruturas paravertebrais normais..Portanto,Dra,é esse o laudo da RM.Apesar de leiga no assunto,sei que estou com vários problemas na coluna,mesmo porque,as dores e os sin tomas,não me deixam esquecer.Sinto também uma sensação esquisita nas pernas,como se perdessem a força.Gostaria de pedir à Sra que,me explicas se numa linguagem mais simples,o que tudo isso significa, e se é preciso ci rurgia,principalmente devido a compressão da medula.Trabalho como auxi liar de limpeza,mas ultimamente,nem em casa,consigo cuidar dos afazeres, como varrer,limpar o chão,agachar,tudo me causa muita dor.Pela sua expe riência,qual seria o melhor tratamento?E sobre meu trabalho?No momento, me sinto incapaz de executá-lo.O que devo fazer?Estou apreensiva. E se o médico não me afastar pelo menos até o alívio das dores?Se possível,peço que me responda com urgência,pois minha consulta de retorno ainda vai de morar.Agradeço desde já sua atenção,e aguardo resposta,e se não for incô modo,peço que seja via email.Obrigada…

    Olá, Edna!
    É difícil dizer qual a causa das suas dores sem antes examiná-la. Exames de imagem nem sempre são as causas das dores.
    Para saber qual é o seu diagnóstico, sugiro que procure um médico Fisiatra para esta avaliação neurológica e muscular, prognóstico e definição do melhor tratamento.
    Boa sorte!

Meu nome é Fátima, moro em Formiga-MG. Meu marido foi diagnosticado com neuropatia desmielinizante. Encaminharam-no para uma fisiatra que pediu inúmeros exames, internou-o para que recebesse, por via venosa,durante 5 dias(2h/dia), corticoide. Disse a ele que não sabe a causa da neuropatia, mas que ele deve se internar novamente para mais doses de corticoide.Ele tem formigamentos nos pés e mãos, desequilíbrio,falta de força, dificuldade para caminhar,etc.Ele se trata em Belo Horizonte, pois não temos fisiatras aqui.Estamos confusos e intranquilos quanto ao tratamento e ao diagnóstico, pois a causa de tal doença não foi identificada pela médica.. Se a doutora puder nos ajudar, ficaremos gratos.

    Olá, Fátima!
    A polineuropatia desmielinizante inflamatória crônica é uma doença rara, provavelmente de causa imunológica. Pode estar relacionada a outras doenças como:Tireotoxicose, AIDS, gamopatia monoclonal, desmielinização do Sistema Nervoso Central,
    doença inflamatória do intestino,Doenças do tecido conjuntivo, transplantes de órgãos e da medula óssea, síndrome nefrótica,mieloma osteoclerótico,Síndrome de Crow-Fukase, doenças do colágeno, hepatite C, Doença de Hodgkin, linfoma, Doença de Castleman, Diabetes-mellitus e Neuropatia sensitivo-motora hereditária.
    Seu tratamento é feito com aplicação de corticóides, imunoglobulina humana endovenosos e eventualmente plasmaferese (transfusão de plasma).
    Sua evolução pode ser contínua (aos poucos e sempre) ou recidivante (crise-intervalo-crise). Somente 1/3 dos pacientes evoluem sem agravamento SEM o tratamento.
    Espero ter ajudado!

Parabéns pelo blog! Muito didático e completo.
Sou enfermeira, irei recomendar para colegas e amigos. Tomei conhecimento pelo artigo de Gilberto Dimenstein, Folha de SP de 20/10/2010. Já coloquei o artigo no quadro de informações da Sala de Professoras/Enfermeiras. Sucesso e vida longa para o blog.
Cleuza Nagafuti

Olá Dra Thaís,
Não sei se este blog ainda está ativo, pois vi que as postagens já tem um certo tempo.
Espero que você veja este comentário e entre em contato.
Bom faço parte da revista online http://www.hierophant.com.br e procuro pessoas para escreveram no link sobre saúde.
Gostaria que você desse uma olhada e se te interessar entrar em contato.
um abraço
kamalaksi

Doutora, fiz cirurgia de desobristrução do canal medular há 09 meses. Sinto dor na calena da perna direita e no calcanhar e dormência nas solas dos dois pés. Tal fato é normal? Ainda tenho dificuldade para andar. Qual a previsão de melhora?

    Olá, João!
    Primeiramente, porque fez esta cirurgia? Já apresentava algum sintoma antes?Qual método foi utilizado?
    Com as respostas destas perguntas e uma avaliação física, seria possível responder suas perguntas.
    Para isto, sugiro que procure um médico Fisiatra, leve o relatório de seu cirurgião, exames pré e pós operatórios.
    boa sorte!

Cara Dr. Saron:
Assim que li a reportagem na Folha de SP me identifiquei com a chamada “dor crônica”, tenho esporão nos 2 pés há 4 anos.Agora tenho hernia cervical e dores nos joelhos. Deve haver algum motivo para essas dores surgirem uma após a outra. Tentei marcar uma consulta e me disseram que vc está de licença maternidade. Há uma data para a sua volta?Gostaria de marcar uma consulta.
Obrigada pelo blog e pela luz no fim do túnel.

martha

    Olá, Martha!
    Pretendo voltar a trabalhar assim que conseguir uma babá confiável. Acredito que antes do final do ano estarei de volta.
    Estou à disposição para eventuais dúvidas sobre as matérias dos posts.

Dra. Thais, parabéns pelo blog. Realmente muito didática e carinhosa até a forma como aborda as questões no blog. Vi o artigo do Gilberto Dimenstein, Folha de SP de 20/10/2010, e não exitei em consultar o site. Apesar de não ter dor crônica, pelo menos eu acho (meus ombros vivem duros, segundo neurologista da rede Sarah, tive uma compressão na cervical e quando em stress parece que o nervo inflama) gosto de ler sobre o assunto que você aborda. Sempre tem alguém perto da gente que sofre com dores, e seu blog é uma boa referência. Mais uma vez, PARABÉNS!!!!

    Obrigada pelos elogios, Suzana!
    Quanto à musculatura na região dos ombros, procure fazer exercícios de alogamento e relaxamento.
    Uma boa opção é a yoga.

luciene da silva galdino 10 de dezembro de 2010 às 00:33

ola doutora thais me chamo luciene e tenho 34 anoem março deste no fiz uma cirugia para retirar a 1 costela descobri que tinha sindrome do esfiladeiro toracico ,em agost meu meico pediu eletroneuromiogrfia e o resultado foi este;potencial do nervo ulnar apresentando bloquei de codução entre o ponto de erb e a axila esquerda lado que operei.potencial sensitivo do nervo mediano com latencia prolongada ´s direita .exames de agulha revelando recrutamento rarefeito 2a3+/4++com potencias de unidade motora de amplitude aumentada nos musculos deltoide,trecepse braquiorradial do menbro esquerdo conclusão acometimento parcial,mielinoco focal do nervo ulnar localizada entre o ponto de erb e a axila radiculopatia cronica na c6 esquerda cometimento parcial,mielinico focal,do nervo medino o nivel do punho.leve. a duvida esta ai eu queria saber em palavras que eu intenda o que siguinifica este resultado .meu medico viu disse que estava tudo bem mais ñ me explicou .desde já lhe agradeço por favor tire minha duvida.fica com deus.

    Olá, Luciene!
    O resultado da eletroneuromiografia mostra as lesões neuropáticas que você está apresentando, que estão no nervo ulnar, na raiz nervosa de C6(6 vértebra cervical) e no nervo mediano.Estas lesões são as responsáveis pelos sintomas que você apresenta.
    Espero ter ajudado.

Parabens !!! Informaçoes preciosas…

Tenho dor miofascial a varios anos,gostaria de uma indicação de Fisiatra em PortoAlegre que trata esta doença,ja consultei com alguns que nao tratam esta patologia ou pelo menos nao conseguimos resultados.

Se precisar Irei a SP para consultar e tratar com vc…mas estou em crise ate parea viajar neste momento esta dificil…

agradeço

Oi, Luciene!
É só colocar a pergunta como comentário, depois de passar pela aprovação, ela é publicada.Isto é necessário para evitar spams e conteúdos indevidos no blog.

Boa Tarde
DRª. Thais

Tenho 26 anos moro em Belo Horizonte e atualmente estou treinando muito forte para uma prova de resistência física. Nas ultimas semanas senti dores no calcanhar do pé direito, procurei uma especialista no Hospital Ortopédico em Bh. O medico não solicitou nenhum tipo de exame apenas com as mãos ele examinou meu pé, ele realizou alguns movimentos e apertou meu calcanhar, o mesmo disse que era apenas dores musculares e me receitou Tandrilax. Apos utilizar o medicamento as dores diminuíram, porem agora tenho dores acima do joelho do lado de dentro da perna e esta dor aumenta quando estou correndo ou realizando alguma atividade na qual tenho que me esforçar mais.
Ao entrar em seu blog fiquei muito feliz, pois nele obtive muitos esclarecimentos, alias ate já marquei um horário com a Drª. Ana Paula Coutinho Fonseca uma de suas indicações em BH o problema é que ela tem agenda para março/11… Tenho que esperar.
Estou muito preocupada com relação ao meu joelho tenho receio de ser algo muito grave que me impeça de participar deste teste.

Agradeço pela atenção
Abraços

    Olá, Marcela!
    É difícil dizer qual seu problema sem antes avaliar seu joelho, inclusive sua maneira de andar e correr (pois estas podem ser a causa de suas dores).
    Fico feliz que já tenha marcado com a Dra Ana Paula, pois ela é extremamente competente e poderá verificar se há necessidade de realizar uma podobarometria (um exame computadorizado que avalia a maneira como você descarrega seu peso conforme você anda/corre) e se há necessidade de utilizar palmilhas. Não se assuste, mas se você apresenta alguma alteração quando anda/corre isto poderá se refletir em toda sua perna e pode lhe causar dores nos joelhos, calcanhar e até na coxa e quadril! Ela ainda vai lhe prescrever um tratamento de reabilitação para o equilibrio muscular da sua perna, aliviando além da causa os sintomas que você apresenta.
    Boa Sorte!

Edna Dias da Silva Oliveira 16 de janeiro de 2011 às 00:06

Boa noite,Dra Thais, meu nome é Edna, tenho 48 anos, e recentemente recebi o diagnóstico de mielopatia espondilótica cervical,com encaminhamento para cirurgia de urgência!!! Eu tinha três hérnias e minha medula espinhal estava sendo comprimida,já afetando meus movimentos das pernas,além das dores intensas no pescoço.O neurocirurgião me alertou da gravidade do quadro,e que se tratava de um doença degenerativa.No dia 16/12/10,fui submetida à essa cirurgia com HDC por via anterior e descompressão medular com artrodese. Hoje faz um mês que operei e dentro do possível,me recupero bem e já há 03 semanas,comecei a fazer fisioterapia.Antes de operar,mal conseguia andar,mas agora,já ando quase que normalmente…Apesar de já conhecer um pouco sobre essa doença, gostaria muito de um parecer seu à respeito,pois é sempre bom,ouvir outra opinião,vindo de especialistas como você…Mesmo com a cirurgia,sei que a doença continua presente,e se é degenerativa quer dizer que não tem cura? Sinto que jamais serei a mesma,após essa cirurgia.Trabalhava há 05 anos e meio na área da limpeza,e o médico me disse que nunca mais poderei fazer esse tipo de serviço,e diz que vai fazer pedido de aposentadoria por invalidez. O que você acha?Apesar de ser cedo ainda,pois só faz um mês que operei,me sinto limitada e acho que não vou ter mais a mobilidade no pescoço e coluna,que eu tinha antes…E existem as lesões na medula,que segundo o médico são sérias e irreversíveis.Essa doença se inclui,nas patologias que dão direito à aposentadoria? Você acha que devo mesmo me aposentar? Mas, e se eu tentar voltar a trabalhar e piorar esse quadro degenerativo???Desculpe por tantas perguntas,mas preciso muito da sua opinião.Penso se realmente vale à pena,eu insistir em trabalhar e deixar minha saúde em segundo plano…Corro muitos riscos,forçando a coluna de novo? E se o perito do INSS negar o pedido? Estou muito ansiosa e te peço o favor de me responder logo,se possível.Desde já,agradeço por sua atenção e aguardo resposta,grata…..

    Olá, Edna!
    É difícil dar um prognóstico para você sem conhecer o caso, não te examinei, não vi seus exames e não sei como ficou após a cirurgia.
    Sugiro que converse com seu médico e com o médico do trabalho de sua empresa para juntos decidirem o que é melhor para relatar ao perito.
    Assim, o que for decidido será o melhor para você!
    Boa sorte!

Querida THAIS…

Voce é simplesmente GENIAL e muito sensivel ao MAL DA POPULAÇÃO… A DOR…

Não tenho palavras… esclareci várias dúvidas e tenho certeza que tenho que complementar meu tratamento que atualmente é somente com o CYMBALTA, com outros…
Sinceramente foi maravilhoso, pois não estava consciente de que preciso me esforçar mais para MELHORAR.

Grande BEIJO…

Bom Dia
Drª. Thais

Um primeiro lugar gostaria muito de lhe agradecer pela sua atenção e carinho, fiquei muito feliz ao receber sua resposta com relação ao meu problema e agradeço.
Com relação ao joelho o mesmo não me incomoda tanto, porem a TRÊS semanas atrás apos um exercício do aparelho “Leg Press com carga de 140 Kilos” senti uma dor aguda na região da lombar cuja me impossibilitou de terminar meu treino, apos este episódio o dor sempre aparece na mesma região e nesta semana em especial a dor esta cada vez mais forte e deixando cada vez mais preocupada, a dor aparece quando viro meu quadril ao abaixar para amarrar um cadarço ou qualquer outro movimento na qual movimento minha perna esquerda, não consigo usar salto alto sem sentir dores. Não sei o que fazer… estou tomando Tandrilax de 08 em 08 hs mas a dor não passa… esta dor poderá ser resultado de má postura ao andar ou correr? Uma distensão muscular? Ou algum problema pior? Tenho medo de não poder mais treinar, este teste no qual estou me preparando é muito importante para mim.
Com relação aos exercícios continuo fazendo mesmo sentindo dores porem com cargas menores, mas estou correndo 05 dias na semana….

Agradeço pela sua atenção
Abraços

    Olá, Marcela!
    Acredito que no mínimo você provocou uma sobrecarga muscular na lombar que está ocasionando seus sintomas.
    É importantíssimo ter um acompanhamento personalizado quando se submete a fazer treinos para uma prova importante, para não acontecer “acidentes” como estes.
    Sugiro que procure um petsonal qualificado para a modalidade de sua prova e se os sintomas petsistirem, procure um médico Fisiatra!
    Boa prova!

Boa Tarde
Dª. Thais,

Na verdade esta dor esta concentrada na nádega esquerda, (acredito ser o nervo ciático). O que me deixa mais preocupada. Não sei ao certo se foi uma infamação ou coisa pior.

Muito obrigada pela sua ajuda.

Abraços

Edna Dias da Silva Oliveira 16 de fevereiro de 2011 às 23:12

Boa noite Dra Thais,mais uma vez,peço seu parecer,se possível…Relembrando fui submetida à cirurgia da coluna cervical,com retirada de três hérnias e descompressão medular com artrodese via anterior,com implante de placa de titânio,08 parafusos,etc…Hoje,fazem dois meses que operei,já ando normal, mas sinto dores intensas no ombro esquerdo após ter feito a cirurgia.O médico pediu outra RM e o resultado foi: Sinais de espondilodiscoartrose caracterizada por osteófitos marginais em alguns corpos vertebrais e hipossinal em T2 de alguns discos invertebrais; Alterações pós cirúrgicas com materiais de fixação em C4-C5, C5-C6 e C6-C7;Sinais de uncoartrose; Abaulamento discal em C4-C5;…. Complexo disco-osteofitário em C5-C6; Demais discos invertebrais sem sinais de herniações ou protusões discais significativas; Medula espinhal de dimensões e intensidade de sinal habitual; Ausência de coleções. Final do laudo com OPINIÃO: Status pós cirúrgico com sinais de artrodese entre C4-C5 à C6-C7…Por favor,Dra Thais,peço seu parecer desse resultado,pois minha consulta de retorno com o médico ainda vai demorar e gostaria de ter uma opinião à respeito desse resultado.Agradeço se puder me esclarecer… Aguardo sua resposta,se possível.No mais,um abraço,grata….

    Olá, Edna!
    O resultado da ressonância mostra aquilo que já sabemos: que vc fez uma cirurgia.
    Sugiro que relate ao seu médico seus novos sintomas para ajudá-lo a esclarecer a vc o que está acontecendo.
    Boa sorte!

tenho tendinopatia do supra espinhal e entesopatiada origem do deltoide,gostaria de saber se tem cura .pois uma fisioteraupeta da empresa que eu trabalho falou que tem cura ,e que os medicos sao burros em dizer que nao tem cura.

Parabéns e obrigada pelo website maravilhoso. Tenho 46 anos e sofro de dor no braço direito há ano. Sou analista de sistemas e trabalho sentada, lendo e respondendo e-mails e numa posição inadequada em relação à minha altura. Venho utilizando o braço esquerdo há mais de 5 anos para segurar o mouse, pois meu braço direito fica dolorido após poucos minutos de digitação e/ou utilização do mouse. Agora, desde setembro estou com dor no pescoço que irradia para a cabeça, ombro e braço. Foi realizada a ressonância magnética e diagnosticada protusão discal na C7 e hemangioma. Há 15 anos atrás sofri acidente de carro, bateram na traseira do meu veículo e meu pescoço ficou dolorido. Não tenho conseguido viver com essa dor, tenho feito fisioterapia, osteopatia, rpg, sem melhora real, pois às vezes melhora por uns dias e depois volta tudo. Moro no Rio e tenho plano de saúde, porém os médicos que me são indicados não trabalham com plano de saúde e não tenho como pagar um tratamento particular. Você pode indicar algum profissional que possa me ajudar? Muito Obrigada. Cristina PS Como faço para que um perito faça o diagnóstico de LER?

    Olá, Cristina!
    Obrigada pelos elogios ao blog.
    Infelizmente quando o tratamento de reabilitação não é bem feito ou não é bem orientado, o paciente realiza inúmeras sessões sem resultados satisfatórios.
    Mando 2 indicações no RJ:
    ANA LUCIA MUNIZ TEIXEIRA MOURAO
    RIO DE JANEIRO – RJ
    almourao@ig.com.br
    PRISCILA SILVEIRA MARTINS
    RIO DE JANEIRO – RJ
    martinspri@yahoo.com.br
    Pode dizer que foi indicação do site da Dra Thais Saron do IMREA-USP.
    Quanto ao diagnóstico de LER, o médico do trabalho da sua empresa é quem deve verificar se foi realmente ocasionado pelo ambiente de trabalho.
    Espero ter ajudado!

Olá Dra. Thaís,
Sou fisioterapeuta , atuo em uma unidade do CEREST (Centro de Referência em Saúde do Trabalhador) e não poderia deixar de passar aqui para parabenizá-la por este trabalho, que é muito muto mais que um Blog. Seria muito bom um post sobre “Atividade Física e Dor” enfatizando a importância da prática de atividade física frente às lesões musculo-esqueléticas.
Abraço!

Olá DRA.Thais.
A cerca de um ano descobri que tenho fibromialgia, estou em tratamento des de então só que des do inicio do tratamento já engordei 8 quilos não sei mais o que fazer o medico disse que não é a medicação,parei de tomar o remédio por 3 semanas não emagreci mas desinchei voltei a tomar o remedio a 2 dias e minhas mãos,rosto e pés estão inchadas o que faço fico sem dor mas fico gorda isso me deixa deprimida a medicação que tomo é 20 mg de tenoxican, 350mg de paracetamol,10mg de ciclobenzaprina e 40mg famotidina, tomei por 2 meses amitriplina mas pedi que o medico tirasse pois nesses 2 meses engordei 6 kilos estou desesperada me ajude.
Obrigada Lú

    Olá, Luciana!
    A medicação que está tomando realmente não engorda, mas pode estar promovendo um processo alérgico leve que a faz inchar.Converse com seu médico ou procure outra opinião.
    Boa sorte!

Deixe um comentário

Name and email address are required. Your email address will not be published.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <pre> <q cite=""> <s> <strike> <strong> 

%d blogueiros gostam disto: